Dois homens morreram e dois jovens ficaram feridos, sendo um deles em estado grave, após um ataque na noite desta quinta-feira (5) a um trailer de lanches no bairro Santa Lúcia, região centro-sul de Belo Horizonte, em Minas Gerais. A Polícia ainda não tem pistas dos atiradores, mas de acordo com informações passadas pelos policiais militares, as duas vítimas fatais tinham envolvimento com o tráfico de drogas.

Segundo a PM, os baleados estavam em um trailer na rua João Evangelista quando um veículo Toyota Corolla, na cor prata, aproximou-se do local e quatro homens vestindo roupas de inverno escuras desceram atirando.

Walter Estalon Bispo da Silva, de 33 anos, foi atingido por vários tiros e foi encontrado sem vida na garagem de um condomínio nas proximidades do trailer, com perfurações nas costas e no peito. Já seu irmão, Sacha Richelle Bispo da Silva, de 22 anos, foi atingido por pelo menos 15 disparos. Ele ainda chegou a ser socorrido por uma equipe Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas já deu entrada no hospital morto.

No tiroteio, uma menina de 12 anos, que é prima das vítimas mortas, foi atingida na perna e na cabeça.

Ela deu entrada em estado grave para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII. Já um adolescente de 14 anos foi atingido na coxa direita e não há informação dando conta de seu estado de saúde.

Mulher é baleada em frente a escola e morre

Uma mulher de 35 anos morreu nesta última quarta-feira (4) após ser baleada em frente a uma escola no bairro Santa Branca, na região da Pampulha, em Belo Horizonte. Ela estava internada no Hospital Risoleta Tolentino Neves, em Venda Nova, e não resistiu ao ferimento.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Polícia

A suspeita é de que um ex-companheiro da vítima tenha efetuado os disparos.

De acordo com informações da polícia, a vítima havia ido buscar a filha na instituição de ensino, quando o suspeito se aproximou e passou a ameaçá-la. Por ser horário de entrada e saída dos alunos, havia muitas pessoas próximas e elas acionam a PM.

Ao ver a aproximação dos policiais do 49º Batalhão que estavam indo averiguar o chamado, o suspeito disparou contra a mulher e posteriormente deu dois tiros contra a próxima cabeça.

Um dos projéteis disparados chegou a atingir um carro que estava estacionado, mas ninguém ficou ferido.

Os dois baleados foram levados para o hospital e o homem está internado em estado grave. De acordo com funcionário da escola, na hora da ocorrência houve muita correria na unidade.

A mulher tinha dois filhos ainda menores, enquanto o homem também tem dois filhos. Segundo os familiares da vítima, eles haviam se conhecido nos Estados Unidos, mas a mulher não quis continuar a relação no Brasil, fato que não era aceito pelo suspeito.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo