Sônia de Fátima, mãe de Eliza Samudio, concedeu entrevista à equipe do UOL Esportes e deu detalhes sobre o que seu neto, Bruno Samudio, pensaria a respeito do pai. Bruno é filho do goleiro Bruno Fernandes, condenado pelo assassinato de Eliza. Segundo o UOL, durante a entrevista, Sônia revelou como seu neto teria reagido à notícia de que o pai deixaria a prisão para cumprir pena em casa no último mês de julho.

A avó relatou que o neto teria ficado sabendo da notícia enquanto assistia televisão e chegou a afirmar que estaria com medo. De acordo, com Sônia, quando perguntado sobre seu pai, o menino diz que ele é apenas seu genitor. A criança e a avó estão hospedados em São Paulo por um curto período de tempo. Ainda de acordo com o UOL, Eliza foi morta por asfixia e esganadura em junho de 2010. Seu corpo nunca foi localizado pela Polícia.

Bruninho queria trocar de nome

Segundo o UOL, Sônia de Fátima revelou que constantemente o neto pede pra trocar de nome. O menino desejaria se chamar Gabriel e também negaria o sobrenome do pai, "Souza". "Na verdade, ele me diz o tempo todo que queria se chamar Gabriel, que queria mudar de nome", conta a avó. Porém, Sônia não pretende realizar a vontade do neto, afirmando que não desejava interferir no nome que a filha escolheu.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia Futebol

Sobre a relação com o pai, a vó de Bruninho conta que se for da vontade do neto poderá conhecê-lo, mas que o menino afirma ter medo do goleiro.

Sobre sua relação com o neto, Sônia revela que ambos são muito próximos. À época do assassinato de Eliza, ela precisou se mudar da cidade onde morava no interior do Mato Grosso do Sul para acolher Bruninho. Sônia conta que só começou a sair com o neto há poucos meses, pelo receio de que o menino fosse reconhecido.

Em um trecho da entrevista, a mãe de Eliza Samudio falou sobre a dor de perder a filha e que ela teria sido injustiçada e morta pelo fato de ter engravidado. Sônia de Fátima tenta transmitir lembranças de Eliza ao neto, que a chama de mãe.

Volta de Bruno aos gramados

Durante a entrevista, Sônia afirmou que o neto ainda não sabe que o pai foi contratado pelo clube Poços de Caldas, de Minas Gerais. A mãe de Eliza ficou sabendo através de uma amiga que o goleiro teria sido ovacionado no último fim de semana ao realizar a sua estreia pela equipe e expressou sua opinião.

Sônia ressaltou o fato de pais levarem seus filhos para exaltarem um assassino e falou sobre inversão de valores. A avó de Bruninho disse acreditar em ressocialização, mas que um assassino não poderia se tornar ídolo de alguém. Bruno foi condenado a 22 anos e três meses pela morte da modelo, e desde o último mês de julho saiu da prisão em regime semiaberto e tenta retomar sua carreira no Futebol.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo