Agentes da Polícia Civil continuam investigando o paradeiro de um rapaz que teria matado um homem a facada após a vítima assediar sua namorada enquanto ela caminhava com uma criança na direção da residência da mãe, na cidade de Itajubá, no sul de Minas Gerais.

Na ocasião, a adolescente de 17 anos estava andando com um bebê em um carrinho e no exato momento em que estava passando próxima a uma ponte no bairro, um homem de 34 anos teria passado por ela e dito a seguinte frase: "você não quer dar de mamar pra mim no seu peitinho?

Por quê? Não tem leite?".

Assim que chegou na casa de sua família, e ainda muito acuada com o assédio do homem, a adolescente comentou o fato para a mãe e também para o namorado, de 22 anos de idade, que teria ficado furioso com a atitude do homem.

Já no final da noite do mesmo dia, o namorado da adolescente estava fazendo um churrasco de comemoração de seu aniversário, quando de repente, o homem que teria assediado a adolescente foi avistado por ele próximo a sua residência. Após isso, o rapaz resolveu ir até o local para tirar satisfação do que havia ocorrido com sua namorada mais cedo e acabaram entrando em luta corporal por conta disso.

Na hora do desentendimento, o namorado da jovem estava com uma faca na mão e partiu para cima do homem, golpeando-o na região do tórax. Depois do ocorrido, uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada até o local para socorrer a vítima, que foi encaminhada para o Hospital das Clínicas na região, mas no meio do caminho ele não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo.

Jovem fugiu do local

Após o crime, o rapaz, que não teve o nome divulgado pela Polícia Civil, fugiu do local, levando consigo a faca utilizada para ferir fatalmente a vítima. De acordo com agentes do Batalhão da Polícia Militar (BPM) que apareceram para atender a ocorrência, por conta da fuga rápida, o jovem teria deixado para trás seu par de chinelos que foi recolhido e será analisado pelos peritos do Instituto Geral de Perícias (IGP) da Polícia Civil, que irão dar início às primeiras investigações.

O caso agora será investigado pela delegacia da cidade de Itajubá. Conforme uma entrevista realizada com agentes da região nesta segunda-feira (30), as buscas pelo rapaz estão em andamento, mas até o momento nenhuma pista sobre seu paradeiro foi levantada.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!