Najila Trindade, modelo que ficou conhecida após acusar Neymar de violência sexual, está novamente envolvida em polêmica, desta vez, envolvendo seu novo affair. As informações foram passadas pelo colunista Alessandro Lo-Bianco, um dos apresentadores do "A Tarde É Sua", da Rede TV!. Segundo o jornalista, a modelo teria sido agredida e expulsa da casa de seu novo affair.

Lo-Bianco diz ainda que a modelo teria realizado um acordo com o rapaz, comprometendo-se a repassar para ele R$ 100 mil do valor que acredita que irá receber de Neymar.

Na ação movida por ela contra o craque, Najila Trindade acredita que ganhará R$ 1 milhão.

De acordo com informações, depois de toda a polêmica envolvendo seu nome a do jogador do PSG, Trindade se mudou para Ilhéus, na Bahia, e foi lá que a modelo conheceu seu novo affair, que é dono de uma rede de pousadas na região.

A Polícia teve conhecimento do caso depois de ser contatada por vizinhos, no dia 28 de outubro, que alegaram ter ouvido diversas brigas quentes do casal.

Ainda de acordo com estes vizinhos, a maioria das brigas era sobre assuntos relacionados a despesas e dinheiro.

Durante a notícia, Sônia Abrão, apresentadora do programa, mostrou uma foto exclusiva onde mostra a modelo conversando com um dos policiais do lado de fora da residência. Na imagem, Najila também estava ao lado de um vizinho.

Na versão dada pela modelo aos policiais, ela teria sido agredida pelo rapaz.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia Neymar

Já ele diz que apenas queria que Najila permanecesse fora de sua casa, contudo, o affair da modelo diz que só conseguiu isso com a ajuda de policiais.

Ainda de acordo com o programa, a polícia não aceitou a acusação de Najila e apenas registrou a confusão do casal. Mesmo depois de todos esses indícios, o advogado de Najila Trindade nega qualquer briga entre a modelo e seu affair. Porém, confirma que Najila deixou a residência do rapaz, mas apenas por querer morar próximo ao colégio do filho.

Acusação de Najila Trindade

A modelo acusou o craque do PSG de estupro no dia 31 de maio deste ano, depois de ter encontrado o futebolista em um hotel em Paris, no dia 15 daquele mês. De acordo com a modelo, além de abusá-la, Neymar Jr. ainda a agrediu fisicamente. Depois de concluídas as investigações, a delegada Juliana Lopes Bussacos, da 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, decidiu não indiciar o jogador pelas acusações.

A polícia concluiu que Neymar Jr. não cometeu nenhum dos crimes citados pela modelo. De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, as investigações trouxeram à tona diversas contradições nos depoimentos de Najila.

Depois desta conclusão, o Ministério Público teve acesso às informações para decidir se arquivava o processo, pedia novas diligências ou denunciava Najila Trindade por denunciação caluniosa.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo