Em Jundiaí, no estado de São Paulo, uma moça de apenas 24 anos fez uma grande acusação contra o próprio pai. De acordo com a denúncia feita pela jovem, ela estaria sendo vítima de abuso pelo próprio pai.

A vítima usou o WhatsApp para pedir a ajuda de amigos. O pai da jovem que tem 44 anos foi detido em flagrante durante a madrugada do último domingo (16). O homem em questão negou o crime e se diz inocente de todas as acusações.

O dia da ocorrência

A vítima registrou uma ocorrência. Nesse dia ela contou aos policiais que no sábado (15) ela e seu pai foram até um bar e juntos eles se descontraíram.

Entretanto, o pai da vítima acabou passado mal e por esse motivo eles foram embora do bar e retornaram para casa dela.

A vítima pegou no sono e afirma que acordou apenas no momento em que seu pai estava praticando o crime.

De acordo com o relato feito pela moça, no momento em que ela acordou e percebeu o que estava ocorrendo ela conseguiu empurrar o seu pai e depois disso fugiu para um outro quarto. Foi então que, de acordo com a própria vítima, o pai dela a seguiu e questionou se por acaso ela deseja falar sobre o que aconteceu.

O homem, que estava embriagado, acabou dormindo. A jovem conseguiu entrar em contato com alguns amigos e pediu socorro. Os amigos da estudante foram socorrê-la.

Vítima pede ajuda a amigos através de aplicativo

A vítima em questão pediu para que alguns amigos fossem na casa dela o mais rápido possível. Na mensagem ela afirma que havia sido molestada. Diante desse pedido, um dos seus amigos foi até o endereço e pediu ajuda para a Polícia.

Pai diz que a filha confundiu o 'carinho de pai'

O homem que foi preso em flagrante afirmou a polícia que sua filha estaria se confundindo e que nada passou de apenas um carinho de pai para filha.

Audiência e custódia do suspeito

O pai da jovem foi submetido a uma audiência de custódia. Após a audiência ele precisou ser transferido para o Centro de Detenção Provisória de Campo Limpo Paulista, SP.

Prints da conversa entre a vítima e um amigo

Em um dos prints é possível perceber o desespero da vítima quando ela pede para que seu amigo vá depressa ao seu encontro. Sem entender muito bem a situação, o contato dela questiona o que estaria acontecendo. A moça explica que foi abusada pelo próprio pai e diz que ele já está dormindo.

Em completo desespero a moça suplica para que o amigo dela a tire de lá. Na sequência, o amigo da vítima escreve uma mensagem e diz que não consegue acreditar, pois o pai dela parecia ser uma pessoa de boa índole. Na sequência, o amigo dela pede para que ela fique calma e diz que está indo até o local.

A moça ainda pede que seu amigo leve um short para ela vestir, pois ela vai sair correndo e escondida. Ela pede para que a pessoa não demore e demonstra que está passando por uma situação de muito pavor.

Não perca a nossa página no Facebook!