Nesta quinta-feira (30), Silas Malafaia foi alvo de uma denúncia-crime protocolada pela Aliança Nacional LGBTI+. A acusação contra o pastor é de transfobia e incitação de ódio contra Tammy Miranda e a comunidade LGBTI+, resultante das falas de Malafaia sobre a participação de Tammy na propaganda da marca Natura.

Denúncia

A denúncia-crime é baseada em uma postagem realizada pelo pastor no dia 28 deste mês, propondo boicote à marca Natura, após participação de Tammy na campanha de Dia dos Pais.

Silas relatou em seu post que a escolha realizada pela empresa é uma afronta à causa cristã e dizendo, como são a maioria, pediu o boicote, sugerindo ainda que um "homem" seja utilizado na próxima campanha do Dia das Mães, em tom de deboche.

O documento da denúncia por parte da Aliança deixa claro que a acusação não se refere a este post isolado e que uma sequência de ofensas foi proferida por Malafaia em torno do assunto, alegando que pessoas como ele são os responsáveis por afiar as facas que levam à morte da população LGBTI+ no Brasil.

A aliança ainda pede ao Supremo Tribunal Federal que aceite o pedido, pois os atos realizados caracterizam crime de homotransfobia.

Silas Malafaia

Durante a sexta-feira (31), o pastor continuou usando o Twitter para boicotar a marca. Em um de seus posts, o pastor menciona que se a Natura quer colocar Tammy como um exemplo de pai é escolha dela e diz que não é obrigado a aceitar, chamando a propaganda de aberração.

O pastor ainda defende nas redes que tem o direito de protestar, porque isso é liberdade de expressão, afirmando que a marca está destruindo os valores das famílias brasileiras e os conceitos que norteiam a sociedade num todo para o caminho do bem.

Entre outros tuítes, o pastor chama a campanha de vergonhosa, diz que a minoria não deve impor suas ideologias à maioria e que duvida que daqui uns anos a marca terá coragem de expor algo assim.

Ao tomar conhecimento da denúncia-crime, Silas Malafaia rebateu em tom irônico, agradecendo pela promoção e chamando os responsáveis pela denúncia de palhaços e otários.

Tammy Miranda

Desde o anúncio da participação de Tammy Miranda na campanha de dia dos pais da marca Natura, o ator, que foi contratado como influenciador digital para divulgar a #meupai, presente nas redes sociais, vem sofrendo diversos tipos de ataques, críticas e ofensas, além de ter virado alvo de uma grande quantidade de memes com cunho preconceituoso.

Apesar de toda a repercussão negativa demonstrada por uma parcela dos internautas, Tammy declarou estar extremamente feliz pelo convite e que essa é uma representação e inclusão muito grande para a comunidade.

Pai do pequeno Bento, Tammy diz que preferiu não ler as críticas negativas em torno de seu papel na campanha, ele afirma que prefere ficar com as positivas que, de acordo com ele, são a maioria.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Religião
Seguir
Siga a página LGBT
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!