Há cerca de um ano, uma triste história viralizou na web. José Ricardo Fernandes Ribeiro fez uma publicação em suas redes sociais afirmando que teria velado a mãe sozinho, somente na companhia do motorista da funerária. O desabafo feito pelo homem alcançou a marca de mais de 300 mil curtidas e causou uma grande comoção entre os internautas. De acordo com o portal G1, José Ribeiro chegou a revelar em entrevista que seus familiares estavam espalhados por diferentes estados do Brasil, e que, mesmo sabendo da situação, não teriam viajado para velar a familiar. O homem ressaltou, à época, que apesar de ter ficado extremamente triste com a situação, esperava que outros filhos se inspirassem a cuidarem de seus pais até o final.

Porém, a triste história teve um desfecho trágico no último domingo (12). José Ricardo Fernandes Ribeiro, que estava com 44 anos, faleceu em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital. A Polícia investiga a possibilidade de latrocínio.

Homem teria sido vítima de incêndio

Ainda de acordo com o G1, a residência de José Ribeiro teria sido atingida por um incêndio no último sábado (11). Segundo o Corpo de Bombeiros, o homem teve 80% do corpo queimado ao ser atingido pelas chamas em sua própria residência. José chegou a ser levado ao Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), em Goiânia, de helicóptero, mas não resistiu aos ferimentos. O locatário da casa de José foi o primeiro a fornecer informações à polícia e revelou que os vizinhos teriam percebido a presença de fumaça no local, e se depararam com o inquilino em chamas dentro da residência.

A Polícia Civil afirmou que o caso estaria sendo tratado como latrocínio, roubo seguido de morte, pois pertences de José Ribeiro teriam sido subtraídos do local. Outro fato que reforça a possibilidade de latrocínio refere-se à vaquinha virtual que teria arrecadado a quantia de R$ 30 mil para o homem, que sofria com doenças renais crônicas.

A ajuda seria destinada para custear as despesas do tratamento. O locatário de José revelou à polícia que ele havia recebido a quantia recentemente.

Relato do homem à época do velório

Segundo a coluna de Hugo Gloss, em agosto do ano passado, José Ribeiro desabafou sobre o fato de ter velado sua mãe, sozinho.

O homem revelou que não tinha a intenção de ficar famoso, mas que teria se revoltado com a situação. José Ribeiro cuidava da mãe sozinho há cerca de quatro anos, chegando a deixar sua profissão de cabeleireiro. Após a repercussão do caso, as pessoas conheceram um pouco mais de sua história e resolveram criar uma vaquinha virtual para auxiliar nos custos do tratamento de José, que era doente renal crônico.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!