Após uma criança escrever um recado para a mãe, onde relatava que o padrasto “mexia” com ela, uma mãe decidiu se esconder e acabou flagrando uma tentativa de abuso de seu até então marido contra a filha de 11 anos. Depois disso, o homem, de 36 anos, acabou sendo preso em flagrante suspeito de abuso de vulnerável. Na última quinta-feira (16), o portal de notícias G1 chegou a ter acesso ao bilhete escrito pela menina. No bilhete, a menor de idade escreveu: “Mãe, o [nome do padrasto] mexe comigo”.

De acordo com as informações apuradas pelo G1, a mãe da menina já vinha desconfiando da mudança de comportamento da filha, por isso, depois que recebeu o recado decidiu se esconder em casa, e foi neste momento que ela acabou flagrando o marido no quarto junto com a enteada.

Tanto o flagrante, quanto a prisão do suspeito aconteceram na última quarta-feira (15), no bairro Jardim Trevo, na Praia Grande, localizada no litoral de São Paulo. Mesmo após a prisão, o padrasto ainda tentou negar ter tentado abusar a enteada.

Segundo Alex Mendonça do Nascimento, delegado auxiliar da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Praia Grande, no litoral de São Paulo, a mãe relatou que já vinha desconfiando do comportamento da menina há meses, por isso, ao ler o bilhetinho escrito pela menor na terça-feira, ela decidiu se esconder dentro de casa para ver o que acontecia enquanto ela não estava presente.

Ainda segundo o relato da mãe, na quarta-feira pela manhã, ela disse ao companheiro que estava saindo para trabalhar, contudo, não deixou a residência e permaneceu escondida.

Após algum tempo, ela contou que, usando a forma, o homem colocou a menina dentro de um dos quartos da casa. Neste momento, a mãe deixou o esconderijo e se dirigiu ao quarto aonde flagrou o marido apenas de cueca ao lado da filha, cena que parecia uma tentativa de abuso.

Menina pedia para ir ao trabalho com a mãe

Segundo o relato da mãe, constantemente a filha pedia para acompanhá-la ao trabalho, na tentativa de não ficar sozinha em casa com o padrasto. A mudança de comportamento e o recado escrito pela criança foram dois pontos cruciais para que a mãe entendesse o que estava se passando dentro de casa.

Criança passa por exames no IML

Após a prisão do suspeito, a menor de idade foi levada até o Instituto Médico Legal, o IML, onde passou por exames que comprovaram que a menina já havia sofrido abusos anteriormente. Diante disso, o delegado esclarece que a situação entre o padrasto e a enteada já vinha acontecendo há algum tempo. Agora, o caso foi registrado da DDM de Praia Grande e o suspeito deverá responder judicialmente pelo crime de abuso de vulnerável. Crime este que está sendo representado com a prisão preventiva do padrasto.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!