Foi preso nesta quinta-feira (9), em Ilhabela, no litoral de São Paulo, um homem de 37 anos suspeito de ter assassinado na semana passada a estudante Julia Rosemberg. O corpo da jovem de 21 anos estava parcialmente enterrado em uma trilha entre as praias de Paúba e Maresias, em São Sebastião, litoral norte.

De acordo com informações passadas pela Polícia, o homem, que não teve seu nome revelado, foi preso em flagrante após tentar violentar uma jovem de 23 anos na região do bairro Barra Velha. Ele teria tentado agarrá-la, mas o namorado da vítima conseguiu intervir e acionou a polícia, que o deteve por importunação sexual.

Com o suspeito foram apreendidos um telefone celular e uma peça de roupa feminina. Ele contou aos policiais que esteve em Maresias no dia em que Júlia desapareceu. Por conta disso, foram recolhidos amostras de tecido para serem comparadas com o material colhido no corpo da vítima.

A polícia vê relação entre o crime de importunação sexual cometido na quinta e o assassinato da estudante, mas aguardará os resultados da analise de laboratório para ter a confirmação. O caso segue sobe investigação.

Relembre o caso

A estudante Julia Rosemberg, de 21anos, desapareceu na tarde do último domingo (6), quando saiu para fazer uma caminhada. Ela era moradora de São Paulo e passava o período da quarentena em São Sebastião, na casa de familiares.

As buscas pela jovem começaram ainda no domingo, mas o corpo foi localizado apenas na manhã do dia seguinte. Ele estava em uma trilha, que fica a sete minutos do local onde estava hospedada. Ele estava parcialmente coberto com terra e com um pouco de folhas.

As primeiras investigações apontaram que a vítima foi morta estrangulada pela alça da pochete que usava.

Objetos da estudante como tênis, seu aparelho de telefone celular e documentos foram levados pelo criminoso. Por conta disso a polícia trata o caso como sendo latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte.

Câmeras de segurança registraram a jovem na tarde em que desapareceu e a polícia também tenta identificar quem é o homem que aparece nas imagens próximo dela.

Corpo de jovem é encontrado em construção

A polícia encontrou nesta sexta-feira (10), o corpo de um jovem de 21 anos que estava desaparecido desde o último dia 7. O cadáver estava em uma construção abandonada na região do bairro São Judas, em São José dos Campos, no Vale do Paraíba.

O jovem, que não teve seu nome revelado, desapareceu após sair de sua casa, que fica no Campo dos Alemães. A família chegou a registrar queixa do desaparecimento e publicou mensagens em redes sociais para tentar descobrir seu paradeiro.

As investigações apontaram que o rapaz foi esfaqueado e estrangulado.

Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página Mulher
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!