Mais um caso de truculência policial tem revoltado internautas. O fato ocorreu na tarde da última terça-feira (14), na avenida Rebouças, em Pinheiros, na zona oeste de São Paulo. Imagens de vídeo mostram o exato momento em que um entregador de aplicativo é imobilizado por dois PMs, um homem e uma mulher. O entregador pede para que os policias o soltem, porém, sem sucesso.

De acordo com o portal G1, Ariel de Castro Alves, advogado e conselheiro do Conselho Estadual de Direitos Humanos (Condepe), analisou as imagens de vídeo e afirmou que a abordagem realizada pelos policiais teria sido "agressiva e abusiva", e que os agentes teriam partido para a violência sem ao menos conversarem com a vítima.

Através de nota, a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo afirmou que os policias teriam tomado as medidas necessárias após verificarem que o motociclista havia parado a moto em cima de uma calçada, além de estar com a placa coberta a fim de dificultar a identificação. O caso rememorou a morte de George Floyd, assassinado por sufocamento durante uma ação policial nos Estados Unidos.

Caso do entregador relembra morte de Floyd

Ainda de acordo com o site G1, imagens de vídeo mostram o momento em que o homem pede para ser solto pelos policiais. "Não consigo (...) não consigo respirar", suplica o homem. Em outro trecho das imagens, é possível observar um policial com arma em punho pedindo para que as pessoas que filmavam a ação se afastassem.

No fundo das imagens, é possível ver o entregador totalmente imobilizado. O advogado Ariel Alves afirmou que as pessoas só devem ser abordadas quando há a evidência concreta de que estejam cometendo algum crime, e que as abordagens truculentas precisam ser revistas.

A morte de George Floyd reacendeu a discussão sobre a violência policial e sobre o racismo.

George foi morto após um policial se ajoelhar em seu pescoço por vários minutos. O agente não deixou de sufocar o homem mesmo após vários apelos de que não estaria conseguindo respirar. O caso gerou revolta e comoção em todo o mundo. Protestos foram realizados em vários países.

Mulher é sufocada em ação policial

Outro caso de truculência policial chamou a atenção nos últimos dias. Uma mulher de 51 anos foi imobilizada por um policial durante uma ação no extremo sul de São Paulo. A mulher foi sufocada enquanto era imobilizada no chão. "Achei que iria ser morto como ele (George Floyd). Eu estava no chão e lembrava daquela cena dele. Achei que iria morrer ali", desabafou a vítima. A mulher sofreu uma fratura na perna e diversas escoriações. A vítima concedeu entrevista ao programa "Encontro", da Rede Globo, e deu detalhes sobre o ocorrido.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!