A história de um rapaz que levava a filha de 4 anos durante as entregas que realizava em Belém, no Pará, ganhou os noticiários nos últimos dias. Na imagem, Alessandro Magno, de 25 anos, aparece em uma bicicleta no centro da cidade, com a mochila de entregas nas costas, e na cadeirinha na frente, aparece a sua filha Rayna Vitória.

Entregador é flagrado com a filha em bicicleta

A imagem foi capturada por uma mulher que disse que estava esperando o seu Uber em uma avenida de Belém, quando se deparou com o rapaz fazendo entregas e levando a filha junto. Ela disse que se lembrou na hora da frase que dizem que um criminoso é vítima da sociedade e que não teve oportunidade.

Na postagem em sua rede social, a mulher disse que o rapaz era um exemplo e que o trabalhador tinha seu respeito.

A imagem foi compartilhada no dia 22 de julho e viralizou nas redes sociais, fazendo com que muitas pessoas quisessem ajudar a família. O rapaz, que mora com a esposa e a filha, recebeu muitas doações, oportunidades para realizar entrevistas de emprego e uma vaquinha online criada para que a família tivesse como se manter durante a pandemia.

Situação do entregador e sua família

Alessandro, que já fez curso em manutenção de celulares, estava trabalhando até o mês de março em um restaurante, como auxiliar de cozinha. Por causa da pandemia, o restaurante acabou fechando as portas e falindo.

O rapaz contou que ao chegar em casa contou para a esposa que estava desempregado e que ela não podia ficar desempregada e que tinham que pedir a Deus para não faltar nada para eles. E foi ai que ele resolveu trabalhar com entregas pelas ruas de Belém, para garantir o sustento da família. Como não possuía moto, o rapaz fazia as entregas usando uma bicicleta.

A mulher de Alessandra trabalha em um supermercado e antes da pandemia começar, a menina ficava em uma escola pela manhã e à tarde ficava na casa dos avós paternos. Como os pais do rapaz contraíram o novo coronavírus, ele não tinha com quem deixá-la, e começou a levá-la durante as entregas, na bicicleta.

Alessandro contou que a maioria das entregas era pela manhã, por causa do almoço, e que essa foi a forma que conseguiu para não faltar nada para a menina, mesmo assim, ele conta que teve dias que não teve nenhuma corrida.

O entregador contou que certo dia a filha pediu banana e ele pensou que Deus proveria e foi quando um amigo pediu para ele realizar um serviço em um celular e com o dinheiro ele comprou comida deixando a filha toda feliz.

Ajuda recebida pelo entregador

Após a imagem viralizar, o rapaz recebeu mensagens de muitas pessoas querendo ajudar a família e a vaquinha virtual foi criada. Ele agradeceu a todas as pessoas que estão ajudando-o e disse que uma mulher da Inglaterra chegou a depositar dinheiro para ele e que foi chamado para entrevistas de emprego.

Alessandro falou que pretende usar o dinheiro da vaquinha para construir uma casa para a família, manter o sustento dos mesmos e investir no futuro da filha. Ele falou que jamais imaginou essa repercussão, mas que Deus o honrou por ser honesto e trabalhador.

O rapaz postou em seu perfil a imagem do momento em que foi receber uma moto que ganhou de doação. Ele divulgou também ele ajudando um outro entregador que perdeu tudo em um incêndio. Ele aparece doando cesta básica para a família.

Siga a página Relacionamento
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!