Tem um ditado antigo que diz que "dinheiro não cai do céu", mas parece que para algumas famílias de Santa Filomena, que fica há 719 quilômetros de Recife, em Pernambuco, as coisas são diferentes e dinheiro pode sim ter caído do céu. Tudo isso porque pessoas do mundo inteiro estão indo até a cidade em busca de meteoritos que caíram no local e dispostos a pagar um bom dinheiro pelas pedras.

Meteorito caiu em Santa Filomena

Após a chuva de meteoritos que caiu na divisa dos estados de Pernambuco e Piauí, pesquisadores e caçadores das rochas se deslocaram para a cidade para tentar comprá-las. Mas se engana quem pensa que as pedras tem levado apenas riqueza para a região, pois muito medo e tensão também estão no pacote.

Um dos moradores da cidade, que encontrou uma pedra de 38,2 quilos, está preocupado com a segurança da sua família. A esposa do homem desabafou sobre a situação e disse que a situação "virou um pesadelo". Segundo a mulher, eles passaram dias sem comer e dormir por conta do objeto, que é alvo de interesse não só de pessoas da cidade, mas também do exterior, devido ao seu valor estimado.

O homem contou que, no dia da chuva de meteoritos, ouviu um estrondo, mas só dias depois foi saber do que se tratava. De acordo com ele, na quinta-feira (27) um outro morador lhe falou que houve um grande abalo, um estrondo, como se alguma coisa tivesse enfiado no chão e detalhou a localização do barulho.

No dia seguinte, então, ele saiu cedo para procurar e por volta das 8h30 encontrou a pedra cravada no solo.

Ele a carregou por cerca de 2 quilômetros a pé, por dentro da mata, até o local onde estava a sua moto.

O homem teria procurado pesquisadores e informado sobre a pedra de quase 40 quilos que caiu em sua propriedade, mas a repercussão foi tão grande que tirou a paz da família. Isso pois, após achar a pedra, as pessoas acreditam que ele esteja milionário.

Tipo de meteorito que caiu em Pernambuco

Fábio Machado, diretor da Sociedade Brasileira de Geologia, disse após analisar a pedra que se trata de um meteorito, e agora só resta saber de que tipo. Para ele, testes poderão revelar se é um condrito, mineral com mesma composição química do começo do sistema solar, formado há mais de 4,6 milhões de anos.

Segundo Machado, as pedras que caíram em Santa Filomena são mais antigas que a própria Terra.

O professor explicou que os pedaços encontrados na cidade com certeza eram parte de uma peça só, que se desintegrou ao entrar na atmosfera terrestre. Após caírem na Terra, foram encontrados entre 100 e 200 fragmentos do meteorito na cidade pernambucana.

A esposa do homem acredita que foi obra de Deus a pedra ter caído da localidade da família e que vão segurar a pedra sim, para vender na hora certa. O objeto encontra-se guardado em um cofre fora da propriedade da família. Moradores da cidade teriam vendido as pedras que acharam para estrangeiros pelo valor de 40 reais a grama do mineral, o que torna a pedra da família muito valiosa.

Um amigo que está representado a família disse que caçadores de meteorito oferecem R$ 120 mil pela pedra, mas que essa proposta era proveniente de pessoas querendo se aproveitar dos mesmos. A esposa do homem disse que não possuem pressa em vender o objeto, e que não deram preço à mesma, nem ainda negociaram com ninguém.

Siga a página Natureza
Seguir
Siga a página Ciência
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!