Bombeiros voluntários encontraram na manhã desta segunda-feira (5), em Barracão, região norte do Rio Grande do Sul, o corpo de Liliane Lopes Marques, de 29 anos. Ela estava desaparecida desde o último final de semana, e seu companheiro, Patrick Vans Zotti, de 24, ainda segue desaparecido. O corpo estava no rio Pelotas e havia marcas de violência, apresentando lesões profundas na cabeça. A perícia encontrou no carro do casal um pedaço de madeira, que pode ter sido usado na prática do feminicídio.

O veículo estava abandonado em cima de uma ponte na BR-470 sobre o rio Pelotas, na divisa entre os estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, cerca de 200 metros de onde o corpo foi encontrado.

Motoristas que passavam pelo local estranharam o veículo parado na ponte com o porta-malas aberto e acionaram as autoridades.

Ao lado do carro havia um par de chinelos e marcas de sangue em cima do para peito da ponte. A Polícia também esteve no endereço onde o casal morava e lá foram encontradas marcas de violência.

Feminicídio seguido de suicídio

A polícia ainda está em busca de Patrick e a principal suspeita é que tenha ocorrido um feminicídio seguido de suicídio, mas a hipótese de um duplo homicídio também não está descartada.

O casal estava junto há um ano e, de acordo com conhecidos, possuíam um relacionamento estável, mas nos últimos tempos vinham tendo desentendimentos.

O delegado José Falcão, que cuida do caso, disponibilizou para a imprensa imagens de uma rede social de Patrick onde ele pedia a Deus que o perdoasse.

De acordo com a autoridade, naquela altura o rapaz estava para cometer o crime ou já havia cometido. Ele ainda marcou o nome da companheira na publicação.

Mergulhadores trabalharam durante a tarde desta segunda-feira na tentativa de localizar o corpo de Patrick.

Morta com golpes de espeto em Passo Fundo

A polícia tenta localizar um rapaz suspeito de ter assassinado a mãe de sua companheira na madrugada da última sexta-feira (2), no bairro Santa Marta, na cidade de Passo Fundo, norte do Rio Grande do Sul.

A vítima, identificada como Lucilene do Carmo Nascimento, de 36 anos, foi agredida com golpes de espeto.

De acordo com relato de testemunhas, os familiares jantavam quando a filha da vítima passou a discutir com seu namorado, que tentou agredi-la. A vítima então partiu em defesa da filha, momento em que foi golpeada pelo foragido.

Na fuga, ele ainda feriu um rapaz, que foi internado, mas seu estado é considerado estável.

O suspeito, que não teve seu nome ou idade, revelados, ainda segue foragido e de acordo com as autoridades ele não possui antecedentes criminais. A namorada do suspeito, que é menor de idade, ainda será ouvida.

Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página Mulher
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!