Muitos lugares do mundo já estão enfrentando a segunda onde da pandemia do novo coronavírus. No Brasil, os números de pessoas contaminadas pela doença aumentam a cada dia e, consequentemente, está aumentando também o número de vítimas fatais.

Bebê morre vítima da Covid-19

Quando a pandemia do novo coronavírus começou a se espalhar pelo mundo, no início de 2020, foi falado que o vírus era mais perigoso para aqueles que pertenciam ao grupo de risco. Lamentavelmente, não é isso que está a acontecer, e pessoas de todas as idades estão perdendo a vida para o vírus.

Uma bebê, de apenas 6 meses, é mais uma vítima fatal da Covid-19, no estado do Tocantins. A menina Paloma Alves de Souza morreu nesta terça-feira (8), no Hospital Infantil de Palmas, após receber o diagnóstico da doença.

A menina era moradora da cidade de Lagoa da Confusão e o município não soube informar se a criança já possuía alguma comorbidade pré-existente. Eles informaram apenas que a menina recebeu o diagnóstico para o novo coronavírus enquanto ainda estava viva.

Bebê morreu após internação por Covid-19

Paloma deu entrada no Hospital Municipal de Lagoa da Confusão, onde morava com a família, no dia 6 de dezembro. A menina chegou na unidade de saúde apresentando moleza e sonolência e foi encaminhada para o Hospital Regional de Paraíso do Tocantins.

De acordo com as primeiras informações divulgadas, após dar entrada na cidade vizinha, a menina foi levada novamente para a cidade natal. O médico da unidade de saúde resolveu então encaminhar a criança para o Hospital Infantil de Palmas.

Paloma não resistiu à doença e teria morrido dois dias após a internação no hospital da capital do estado.

O município de Lagoa da Confusão já registrou 15 mortes, incluindo a bebê de seis meses, vítimas do novo coronavírus. Desde o começo da pandemia, 716 pessoas receberam o diagnóstico da doença na cidade, sendo que 699 já estão recuperadas e duas estão internadas tratando o vírus.

Segundo a atenção primária à Saúde do município, os pacientes diagnosticados com a doença estão em isolamento domiciliar, sendo acompanhadas pelas autoridades competentes. Além disso, todas as pessoas que entraram em contato com as pessoas infectadas estão sendo investigadas pela vigilância epidemiológica da cidade.

Eles informaram ainda que já tomaram todas as providências para o isolamento dos infectados e dos contatos mais próximos.

Segundo o Relatório Situacional, que foi divulgado no dia 3 de dezembro, o estado do Tocantins já registrou a morte de duas crianças pelo novo coronavírus. As vítimas tinham a idade entre 0 e 9 anos. Outras 55 crianças chegaram a ser internadas por causa do vírus no estado, desde que começou a pandemia, no mês de março de 2020.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!