Um vídeo vazado na internet nos últimos dias revoltou grande parte da população. Na gravação, que se espalhou nas redes sociais na sexta-feira (22), uma enfermeira do Espírito Santo mostra um comprovante de vacina e debocha após tomar o imunizante contra a Covid-19.

Enfermeira foi desligada do hospital

Nathanna Ceschim, do Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Vitória, dizia que só tinha tomado o imunizante porque queria viajar, e não por se sentir mais segura. Ela falou ainda que uma vacina que só dava 50% de segurança não era uma vacina para ela, e que tinha tomado era "água". Em outro momento, a enfermeira apareceu dentro da unidade de Saúde sem usar máscara, que é uma medida tomada desde o começo da pandemia para evitar a propagação do vírus.

A mulher foi vacinada na terça-feira (19), pelo fato de atuar na linha de frente no combate ao novo coronavírus, fazendo, portanto, parte do público-alvo prioritário para tomar o imunizante. O Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Vitória confirmou que Nathanna não faz mais parte do quadro de funcionários da unidade de saúde. Eles disseram que já tomaram todas as medidas cabíveis em relação ao assunto, após vazarem as imagens da profissional sem máscara no hospital e do vídeo em que debochava da vacina CoronaVac.

Enfermeira se defende em vídeo

Nathanna divulgou um vídeo nas redes sociais nesta segunda-feira (25) e na gravação disse estar com a consciência tranquila e que não cometeu nenhum crime ao divulgar a sua opinião nas redes sociais.

Segundo a enfermeira, ela apenas estava exercendo o seu direito à liberdade de expressão e pediu desculpas a quem se sentiu ofendido com a sua atitude.

Nathanna ainda disse que considera a vacina importante, mas que não acha que essa seja a salvação do problema. Ela defendeu que esse é o seu ponto de vista, mas que em momento algum fez campanha contra a vacina e nem disse para as pessoas não se vacinarem.

A enfermeira falou também sobre as imagens em que aparece sem máscara dentro da unidade de saúde. Segundo ela, nas imagens ela estava encerando o plantão e já era perto das 19h. Nathanna afirmou que tinha enfrentado um turno de trabalho tumultuado e que passou o dia todo de máscara, sem nem mesmo beber água.

Ela informou que naquele momento tinha parado em frente ao computador e tirou a máscara para tomar água e respirar um pouco, e foi quando teria brincado com um colega de trabalho, que estava todo paramentado para trabalhar, como é recomendado pela Organização Mundial de Saúde.

Ela disse que esse momento da gravação não tinha nenhuma relação com o episódio da vacina. Após a confusão, a mulher excluiu seu Instagram, mas retornou com a conta para se defender.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Saúde
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!