Em uma simples conversa com os amigos é muito difícil encontrar alguém que nunca tenha tido uma infecção urinária. Certo? Essa afirmação é verdadeira especialmente se estivermos falando da Saúde das mulheres, que são hoje as grandes acometidas pelos quadros mais graves [VIDEO]. O fato das mulheres apresentarem a doença com maior frequência é explicado pela anatomia do canal da urina das mulheres, que é muito mais curto do que o dos homens, além de ter uma ligação mais próxima com a região anal, que tem grande quantidade de bactérias.

Vamos entender o problema

Geralmente, tudo começa com uma dor que incomoda um pouco quando vai urinar, os médicos chamam isso de disúria.

A pessoa geralmente sente uma vontade enorme e quando corre para ir ao banheiro sai apenas algumas gotinhas de urina. Com a evolução do problema de saúde a pessoa pode começar a ter alguns sintomas que podem lembrar um gripe daquelas bem fortes, por exemplo, a pessoa pode ter febre, dores no corpo, especialmente na região lombar, e muita, muita dor para urinar. Relação sexual? Nem pensar, as dores são insuportáveis na região genital feminina.

Quem causa a infecção de urina?

Geralmente a infecção urinária é causada por uma bactéria [VIDEO] que tem um nome bem feio, Escherichia coli. Essa bactéria, que esta presente na região anal chega à genitália e sobe pela uretra, causando a irritação que é característico do problema de saúde. A bactéria começa a se multiplicar e com isso o quadro pode piorar.

Pode matar?

Veja bem, inicialmente a infecção urinária é um quadro que pode ser facilmente tratado, entretanto se a bactéria começa a subir pelo trato urinário ela pode chegar à bexiga, causando cistite, e aos rins, causando pielonefrite. Isso é o que mais preocupa! Se a bactéria chegar nos rins indica que a mesma é mais forte e portanto será mais difícil combatê-la. Com a evolução da inflamação dos rins, a pessoa pode ter um quadro que chama septicemia, ou seja, a bactéria agora está no sangue, e aí sim devemos ficar preocupados, e muito. Tomar antibióticos sem a orientação de um médico é um problema muito sério, que pode piorar e muito o quadro da infecção, uma vez que você pode deixar a bactéria muito resistente para outros antibióticos.

Portanto, sempre que você começar a sentir dor e desconforto para urinar, procure um médico. Ele saberá te orientar. Beba muita água e não tome medicações por conta própria. Dica valiosa para as mulheres é que na hora de realizar a higiene íntima, nunca passe o papel higiênico de trás para frente, para não correr o risco de trazer bactérias da região anal para a vaginal.

Fique ligada.

Com saúde não se brinca.