De acordo com estudos, um ou dois meses após uma pessoa ser infectada com o vírus do HIV começa a sentir sintomas da Aids, que se assemelham aos sintomas da gripe. Isso é conhecido como síndrome retroviral aguda.

Mas, em alguns casos, os sintomas do HIV não aparecem por anos, nem mesmo décadas depois que o corpo foi infectado. Estes são alguns dos sinais que podem indicar que a pessoa está com HIV sem saber: [VIDEO]

1) Febre

Um dos primeiros sinais pode ser uma febre leve. A pessoa também pode experimentar outros efeitos colaterais geralmente suaves, como dor de garganta, inchaço dos órgãos linfáticos e fraqueza.

2) Fadiga

Uma das respostas inflamatórias do sistema imunológico sobrecarregado é a sensação de cansaço e letargia.

A fadiga pode ser um sinal precoce do HIV. Os músculos latejantes, dores nas articulações e linfáticos inchados pode ser um sinal que de contaminação pelo vírus. [VIDEO]

3) Dor de garganta e dor de cabeça

As dores de garganta e de cabeça são frequentemente um forte indício que a pessoa está infectada com o vírus da Aids.

4) Náusea, vômito, diarreia

De 30% a 60% das pessoas nos primeiros estágios do HIV lidam com náuseas, vômitos ou diarreia.

5) Redução de peso

A perda de peso é um sinal da doença e pode variar entre uma pequena redução de peso a uma extrema frouxidão dos intestinos.

6) Tosse seca

A tosse é típica para pacientes com HIV que estão muito doentes e que podem estar passando semanas sem que perceba como seria resolvido.

7) Suor noturno

As pessoas sofrem suores noturnos nos estágios iniciais da infecção pelo HIV.

Porém, nos estágios posteriores, eles se tornam ainda mais comuns e não estão relacionados ao exercício ou à temperatura ambiente. [VIDEO]

8) Mudanças nas unhas

Outro sinal de contaminação pelo HIV são as alterações nas unhas, como espessamento das unhas, coloração, linhas escuras ou castanha e enfraquecimento.

9) Herpes labial ou genital

O herpes labial ou genital é uma indicação que uma pessoa está infectada nos estágios finais. Ter herpes também pode representar um fator de risco para contrair o vírus, uma vez que o herpes genital pode causar úlcera. Além disso, as pessoas que têm o HIV geralmente têm surtos mais graves de herpes, porque o sistema imunológico é mais fraco.

10) Irregularidades menstruais

A Aids em seus estágios avançados aumenta o risco de irregularidades menstruais, como períodos menores e mais leves. Existe uma ligação entre a infecção pelo HIV e a menopausa precoce aos 47, 48 anos para mulheres infectadas e 49 a 51 anos para as mulheres não infectadas.