Um caso impressionante aconteceu no Hospital Universitário de Colônia, na Alemanha, onde um paciente de 39 anos deu entrada com sintomas de dor de cabeça, náuseas e vômito. O doutor Philipp Kohler trabalha nesse hospital e é especialista em medicina de emergência, Em entrevista à BBC News, ele contou que nunca havia visto um caso como esse antes.

O homem não teve a sua identidade revelada, porém os médicos descobriram que ele sofria de diabete e não estaria tomando os remédios de uso contínuo.

Ele foi levado imediatamente para a Unidade de Tratamento Intensivo onde os médicos fizeram vários testes e exames que mostraram que o paciente sofria de síndrome de hiperviscosidade, devido aos níveis extremamente altos de triglicérides. Mas o que mais chamou atenção dos médicos nesse caso foi a cor do sangue do paciente, que apresentava uma "cor leitosa".

Os triglicerídeos são a reserva de energia do corpo, que possui a função de fornecer energia para os músculos.

Quando os triglicerídeos não são usados de forma adequada, são armazenados como forma de gordura no tecido adiposo do organismo. Os níveis altos também podem ser causados por outros fatores como, por exemplo, fatores genéticos, obesidade, ou mesmo o uso e abuso de drogas álcool cigarro.

A gordura era tanta que entupiu os filtros da máquina que fazia a retirada do excesso

Em casos extremos, como do paciente que deu entrada no Hospital Universitário de Colônia, os médicos realizam um procedimento da retirada da gordura do sangue através de uma máquina, para assim tentar reduzir a viscosidade do sangue e restaurá-lo ao normal.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Saúde Ciência

Mas a situação do paciente era tão grave que esse procedimento não foi possível, pois ao fazer a retirada, a gordura entupiu os filtros que sugavam a gordura por diversas vezes.

Para salvar o paciente os médicos então tiveram que agir rapidamente e procurar outra alternativa para fazer a retirada da gordura do sangue do paciente. Eles então optaram para o procedimento de flebotomia. Os médicos então retiraram o sangue gorduroso ao mesmo tempo em que substituíam pelo sangue saudável de um doador.

O procedimento precisou ser realizado para que os níveis de gordura no sangue do homem baixassem e o paciente fosse estabilizado por causa do quadro severo de hipertrigliceridemia. Ainda em entrevista à BBC News, o médico informou que novos exames mostraram que o paciente não tinha mais sintomas residuais.

Depois que o procedimento deu certo e o PH do sangue do paciente foi restaurado e o mesmo estabilizado, o homem teve alta do hospital, mas precisará cuidar da obesidade e também fazer uma reeducação alimentar, tratando à diabetes de forma adequada para que não aconteça novamente o quadro clínico que quase o matou.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo