A Universidade Johns Hopkins, instituição de ensino superior privada sem fins lucrativos situada em Baltimore, Maryland, Estados Unidos, anunciou que já somam 2 milhões o número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus (Covid-19).

A Johns Hopkins tem acompanhado a evolução da pandemia desde que houve o primeiro diagnóstico positivo na cidade de Wuhan, na China. O avanço da infecção tem crescido consideravelmente e isso é comprovado ao fazer um comparativo entre os períodos de ascensão do contágio.

No dia 02 de abril, a marca de 1 milhão já havia sido ultrapassada.

Contudo, nesses últimos 14 dias já foram registradas cerca de 2 milhões de novas infecções. Pelo número de mortos até o dia 2 de abril era de 50 mil pessoas. Os dados atuais, coletados pela Johns Hopkins, já somam 128.071 mil mortes pelo coronavírus.

Lista dos seis primeiros colocados em casos confirmados e mortes por Covid-19

Atualmente, o país com maior número de mortos é os Estados Unidos da América com 34.562. Já o número de casos confirmados somam mais de 609.696. Abaixo dos EUA, os maiores números de contágio por coronavírus se encontram em países situados na Europa:

  • 2º Espanha = 185.309 confirmados e 19.516 mortes
  • 3º Itália = 168.941 confirmados e 22.170 mortes
  • 4º Alemanha = 137.698 confirmados e 4.052 mortes
  • 5º França = 108.847. confirmados e 17.920 mortes
  • 6º Reino Unido = 103.093 confirmados e 13.729 mortes

A ordem classificatória do número de mortes entre esses países que estão abaixo dos EUA com 26.059, são de:

  • 2º Itália com 22.170
  • 3º Espanha 19.516
  • 4º França 17.920
  • 5º Reino Unido 13.729
  • 6º Alemanha 13.729

Vale observar que a Alemanha se encontra na contramão dos vizinhos, apesar do país ter um alto índice de pessoas infectadas (132.321), o número de mortes é reduzido (3.502) comparado aos demais da lista.

De acordo com a Universidade Johns Hopkins, o coronavírus (Covid-19), já se encontra em 185 países e em seus territórios. Ainda que haja medidas de isolamento social e fechamento das fronteiras entre os países, o Coronavírus tem conseguido ultrapassar as barreiras de contenção.

Reino Unido: 6º lugar com casos confirmados e em 5º no número de mortes por Covid-19

Nesta quinta-feira (16), o Reino Unido registrou mais 4.618 novos casos de Covid-19 confirmados, elevando o seu número ao total de 103.093, segundo informações do órgão oficial de Saúde do país.

Entre os infectados está o primeiro-ministro Boris Johnson que contraiu a doença no dia 27 de março. A infecção o levou a ser internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) durante os dias 5 e 9 de abril, devido a agravamentos causados pelo coronavírus. Atualmente, o primeiro-ministro está se recuperando em sua residência, em Londres.

O país entrou em quarentena no final do mês de março. Contudo, o avanço ainda é alarmante, visto que obrigou o Governo britânico a estender a quarentena por mais três semanas.

Atualmente, o primeiro-ministro, que estava relutante, ouviu os alertas das autoridades de saúde e implementou medidas mais restritivas aos seus cidadãos para evitar que haja um colapso no sistema de saúde do país. Segundo os cientistas e pesquisadores, as previsões são de que cerca de 250 mil pessoas possam vir a óbitos caso não haja controle da disseminação da doença no país.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Política
Seguir
Siga a página Saúde
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!