Hipertrofia não é só moldar e modificar o corpo, mas também é uma forma de manter a Saúde com exercícios de qualidade estipulados para cada parte do corpo.

No entanto, é preciso admitir ainda que grande parte dos praticantes de musculação o utiliza com o viés estético –o que não há qualquer mal nisso. Contudo, é necessário alertar diversos pontos que esse praticante ainda iniciante deve se ater enquanto ainda se encontra na fase inicial da atividade física.

É para este que o texto será direcionado. Não só como forma de atenção, mas também com foco sob a preocupação sadia do corpo. A musculação é excelente opção de exercício, sim.

Contudo, se praticada da maneira correta. Caso contrário, ela irá ser muito mais um malefício do que o rico benefício que verdadeiramente é.

Para isso, existem algumas dicas importantes que todos precisam saber antes de começar os treinos de hipertrofia. O intuito? Que o exercício funcione, o corpo permaneça saudável e resultados sólidos sejam alcançados.

Antes de começar os treinos de hipertrofia

Não é apenas ganho de massa muscular, mas também força. A hipertrofia tem inúmeros benefícios e funções no nosso corpo. Entretanto, antes de serem ressaltados, por que não destacar o que é necessário enfatizar antes de começar essa benéfica atividade física?

Realizar cardio uma vez por semana, ao menos

Os exercícios aeróbicos, por vezes, são escanteados constantemente nas academias.

No entanto, eles têm grande contribuição, inclusive, para otimizar os treinamentos de hipertrofia.

Realizar em alta intensidade é realmente maléfico à hipertrofia. Entretanto, adotando um ritmo correto e equilibrando, os resultados serão positivos.

Você não precisa ficar maior para ficar mais forte

É necessário sim ficar mais forte para ficar maior.

Ou seja, é importante aliar treinos que correspondam ao aumento de força, para que este treino complemente a hipertrofia. Sem força, sem ganho. O crescimento está muito relacionado ao volume e ao trabalho (força) conquistado.

Não é preciso estresse com a frequência de refeições

É algo que preocupa muitos iniciantes dos treinos de hipertrofia: comer constantemente e em demasia.

Entretanto, isso é um estresse sem razões, na realidade.

O importante é o desjejum, o pré-treino e o pós-treino, e, claro, consultar um profissional de nutrição capaz de orientar a dieta adequada ao tipo físico do atleta.

Os treinos de hipertrofia: importância

O treino de hipertrofia é exatamente para evitar o acúmulo de gordura, além da transformação desta em massa magra. Ele será o aditivo ideal para a mudança corporal, através de exercícios focados para cada grupo muscular. Desde braço, até o peito, as costas e as pernas.

Englobando todos os grupos, tem-se a notória mudança fomentada na adesão de exercícios concentrados que possibilitam o ganho de massa magra, eliminação da massa gorda, o combate ao sedentarismo e no reforço ao condicionamento físico.

Os treinos de hipertrofia não têm idade e podem ser uma excelente opção de atividade física. Desde o mais novo ao mais velho. Sempre, claro, com a orientação profissional adequada ao lado para a melhor instrução.

Siga a página Saúde
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!