A temporada de furacões e tempestades é monitorada anualmente por meteorologistas com o objetivo de estimar os possíveis riscos relacionados aos fenômenos naturais.

Matéria publicada pela BBC News Brasil mostra que as análises realizadas exatamente nesta época do ano apontaram um fenômeno que ocorreu apenas uma vez na história da humanidade. Os especialistas informaram que detectaram cinco ciclones tropicais simultaneamente ativos no Atlântico.

NHC

De acordo com os registros, este fato ocorreu pela primeira e única vez em 1971, quando o mesmo número de furacões e tempestades foi registrado ao mesmo tempo.

Segundo o NHC (Centro Nacional de Furacões dos EUA), a depressão tropical René, as tempestades Teddy e Vicky e os furacões Sally e Paulette são as cinco formações.

René deve desaparecer nas próximas horas, Paullete passa pela região das Bahamas, o furacão Sally está próximo dos estados americanos de Lousiana e Mississippi, prestes a alcançar a região.

Razões para o fenômeno

Jim Dale, meteorologista na British Weather Services, relatou à BBC que não existe uma explicação única em relação ao fenômeno, e que cinco tempestades ao mesmo tempo é o reflexo da soma de diversos fatores.

O meteorologista também explicou que o aquecimento global não é o único responsável pela situação, pois em 1971, quando o fenômeno ocorreu pela primeira vez, o aquecimento global era quase imperceptível.

De acordo com estas informações, os eventos responsáveis por este tipo de fenômeno sempre devem ser avaliados em um contexto amplo.

Ainda de acordo com Jim, o ano de 2020 tem sido incomum, com um grande número de tempestades tropicais. Segundo ele, a proporção é tão grande que a lista disponível de nomes para este tipo de formação estão quase zerada, e o único nome disponível é Wilfred.

Ciclones

Os furacões e tornados ocorrem após a formação de um ciclone. A medida que o fenômeno natural avança acontecem as tempestades e os furacões.

Os cientistas acreditam que o ano de 2020 teve dois agravantes em relação à formação dos ciclones: o aquecimento dos oceanos, que afetou algumas partes do Atlântico, e a La Niña.

Baseado na situação atual, Jim também realiza um alerta para o futuro. De acordo com ele, o aquecimento global resultará em um aumento de furacões e tempestades tropicais.

Jim usa os incêndios atuais como exemplo e afirma que apesar de ser um evento que ocorre há muitos anos, o aquecimento global agravou os mesmos, tornando-os muito mais agressivos devido à seca e o aumento considerável das temperaturas.

Estados Unidos

Neste momento, os cinco ciclones podem seguir em direções diferentes, passando tanto pelo litoral sul dos Estados Unidos quanto por algumas ilhas do Caribe.

Pessoas podem ser expostas ao perigo durante a passagem de Paulette nas Bahamas. O fenômeno está produzindo um tipo de maré que forma ondas gigantescas que podem afetar aos moradores das regiões dos Estados Unidos, Bahamas, Ilhas Leeward e Grandes Antilhas.

Siga a página Natureza
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!