O aumento do consumo de fast food e alimentos ultraprocessados ​​é um dos maiores vilões da atualidade. Além disso, a agitação da vida diária e as mudanças no estilo de vida da população levaram diretamente ao declínio da qualidade dos alimentos.

Problemas como obesidade e doenças cardíacas estão se tornando mais comuns e diretamente relacionados à falta de uma dieta saudável. Uma alimentação saudável é essencial para o equilíbrio das funções corporais.

Na verdade, uma dieta saudável inclui todos os macro e micronutrientes. Entretanto, o que abrange uma dieta saudável?

A alimentação saudável costuma ser confundida com comer pouco.

No entanto, a relação entre uma dieta saudável e o tipo e qualidade dos alimentos consumidos é muito mais importante do que a relação da quantidade.

No que tange a alimentação, deve-se atender às necessidades do corpo humano, para que contenha todos os nutrientes necessários, como vitaminas, proteínas, gorduras, carboidratos e minerais.

Dicas para alimentação mais saudável

Uma dieta saudável traz muitos benefícios para o corpo humano. Ajuda a melhorar o sistema imunológico, melhorar a qualidade do sono, melhorar o transporte intestinal, melhorar o humor, concentrar e até perder peso.

Utilizar alimentos in natura

Derivados, principalmente de vegetais, são a base ideal para uma alimentação equilibrada, saborosa e culturalmente orientada, que pode promover o desenvolvimento de um sistema alimentar sustentável.

Cozinhar o próprio alimento

O ato de cozinhar o próprio alimento garante que a pessoa saiba o que está colocando no corpo. O tempero, a quantidade de sal, a mescla da proteína com o carboidrato, além da importante quantia de gorduras essenciais para o organismo.

Adeus aos ultraprocessados

O processo natural de fabricação de alimentos prontos geralmente envolve grandes quantidades de sal, açúcar, óleo e gordura.

Além disso, trouxeram outras substâncias industriais e substâncias sintetizadas prejudiciais a uma dieta balanceada de fontes, como o petróleo e do carvão de laboratório.

Destinar um tempo para a alimentação como um todo

Planejar compras de alimentos, organizar uma despensa para a família e configurar o menu com uma semana de antecedência.

Dividir com sua família a responsabilidade por todas as atividades familiares relacionadas ao preparo.

O privilégio de preparar refeições e comer, conviver e divertir-se com outras pessoas.

Fibras são essenciais

Estudos demonstraram que alimentos ricos em fibras (como grãos integrais) ajudam a reduzir o risco de certos tipos de câncer e doenças cardiovasculares. Além disso, podem melhorar a saciedade e ajudar a controlar o peso.

Siga a página Saúde
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!