O astro Brad Pitt, que saiu ganhador de um Oscar na categoria Melhor Ator Coadjuvante, pelo filme “Era uma vez em... Hollywood”, de Quentin Tarantino, demonstrou seu desejo de deixar as atividades como ator por um tempo. Como contou Pitt à revista GQ, seus planos futuros são descansar e voltar a atuar como produtor.

Brad Pitt não é novato na função de produtor. Ele já trabalhou em diversos projetos e tem até mesmo um Oscar nesta função. Ele ganhou pelo filme “12 Anos de Escravidão”. Pitt disse que gosta muito de estar atrás das câmeras como produtor.

Curioso

Brad Pitt também declarou que está curioso para ver o que virá pela frente na indústria cinematográfica, ele revelou que gosta dos serviços de streaming, pois estão sendo vistos mais projetos de qualidade sendo lançados, que mais atores, diretores, roteiristas estão em atividade. O que mostra quantas pessoas talentosas estão por aí, reflete o ator.

Férias

Depois de conquistar a estatueta mais cobiçada do mundo do Cinema no último domingo (9) e também ter sido vencedor (também na categoria Melhor Ator Coadjuvante pelo seu trabalho no filme de Quentin Tarantino) no Globo de Ouro e no Bafta, o ator pretende dar um tempo na carreira e descansar um pouco, mesmo ainda tendo muito o que oferecer como ator, segundo ele mesmo afirmou.

Pitt conversou com a revista Vanity Fair e falou sobre sua aposentadoria temporária, ele afirmou que esta é uma comunidade que ama muito, que tem amigos conquistados há mais de trinta anos, porém reafirmou seu desejo de “desaparecer por um tempo”.

Não se sabe por quanto tempo durará a “aposentadoria” do ex-marido de Angelina Jolie, pois seu nome já está cotado para ser o protagonista do novo longa-metragem do cineasta Damien Chazelle, “Babylon”, ao lado de Emma Stone, a produção está prevista para o próximo ano.

Sem redes sociais

Confirmando sua faceta mais reclusa, Brad Pitt também afirmou que não tem interesse em ter um perfil no Instagram ou em qualquer outra rede social. Porém, o ator e produtor não descarta a ideia. O mesmo aconteceu com o ator Matthew Perry e a ex-esposa de Pitt, Jennifer Aniston, que não tinham conta no Instagram, mas acabaram mudando de ideia.

Brad Pitt argumentou que “não vê sentido” em algumas destas plataformas, ele argumentou que isto nunca irá acontecer – ele ter um perfil em uma rede social – para depois se corrigir e dizer que não é bom dizer nunca, mas ressaltou que a vida está muito boa sem as redes sociais.

Curiosamente, a ex-esposa de Brad Pitt, Angelina Jolie também parece não ter interesse pelas redes sociais e não tem uma conta no Instagram, mas existe uma conta na rede social que foi criada por uma fã da atriz “@angelinajolieofficial” e que já conta com mais de 11 milhões de seguidores.

Não perca a nossa página no Facebook!