Nunca antes na história uma série brasileira conseguiu ser selecionada para a Berlinale Series, a mostra do Festival de Berlim. A produção que conseguiu o feito é "Os Últimos Dias de Gilda", uma produção original do Canal Brasil, de apenas quatro episódios com duração de 25 minutos.

A série estreou no Canal Brasil no último novembro e tem como protagonista Karine Teles. A criação e direção ficaram por conta de Gustavo Pizzi (Benzinho). A produção foi baseada em um monólogo teatral de mesmo nome de autoria de Rodrigo de Roure.

Para comemorar a indicação, o Globoplay liberou o acesso à série para os não assinantes entre a terça-feira (26) e o dia 2 de fevereiro.

O Canal Brasil, por sua vez, irá realizar uma maratona da obra na próxima sexta-feira (29), às 23h15.

No site da premiação, a série brasileira foi classificada como "única em todos os sentidos", e ressaltou os aspectos calorosos, físicos e luxuriados da sua protagonista, papel vivido pela atriz Karine Teles. A organização do evento ainda declarou que a série é uma declaração pessoal de liberdade em meio a um ambiente repleto de repressão e ameaças.

A história de Gilda

A protagonista da série, Gilda, é uma mulher independente, que não abre mão de sua liberdade. O modo de viver de Gilda incomoda alguns de seus vizinhos, em especial a esposa de um pastor que tem ambições políticas. Temas atuais da cultura brasileira são abordas em "Os Últimos Dias de Gilda", que também reflete sobre liberdade sexual, o papel da mulher na sociedade, a onda conservadora atual e a aceitação do corpo.

O diretor da atração, Gustavo Pizzi, afirmou que "Os Últimos Dias de Gilda" tem se revelado uma produção de forte apelo popular no Brasil e que agora, após a seleção no Festival de Berlim, há a possibilidade de a série falar para todo o mundo sobre uma história típica do país e que apresenta uma narrativa sobre a maneira como os brasileiros se relacionam os preconceitos e conflitos.

Ele ainda acrescentou que é uma história que fala sobre política, liberdade e mútua aceitação.

Berlinale Series

As produções audiovisuais selecionadas para a Berlinale Series, assim como os filmes que participam na competição, em 2021 serão exibidos online entre o dia primeiro de março até o quinto dia do mesmo mês. As exibições irão ocorrer também no Mercado da Berlinale Series, plataforma direcionada aos executivos do setor audiovisual.

Ao lado da série brasileira na mostra estão as séries: "Entre Hombres", Argentina; "Ich und die Anderen", Áustria e Alemanha; "It’s a Sin", Reino Unido; "Philly D.A.", Estados Unidos; "Snöänglar", Suécia e Dinamarca

Siga a página Televisão
Seguir
Siga a página Seriados
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!