Gato preto com mês de agosto é uma combinação suspeita, pelo menos para os mais supersticiosos, a prevenção é mais redobrada. Porém, crendices populares à parte, escolheu-se o dia 8 de agosto como o Dia Internacional do Gato.

Esse suposto sortilégio foi instituído em 2002 pela International Fund For Animal Welfare, na intenção de alertar e mostrar aos seres humanos a importância dos cuidados relativos ao bem-estar e saúde dos bichanos. Sim, uma vez que pegamos os gatos (ou outros Animais), temos a responsabilidade de suas vidas em nossas mãos. Isto se faz mais evidente em tempos de pandemia, pois os gatos são excelentes companheiros durante a vigência da quarentena e do isolamento social.

Então, não é porque a pandemia terminou que se deve, logo em seguida, descartar o animal ou abandoná-lo nas vias públicas. Com a volta da vida ao normal, é importante que o gato seja encarado como um membro da família.

Cuidados, alimentação e bugigangas

Um ser vivo - como os gatos - precisa e merece visitas periódicas ao veterinário no intuito de se verificar sua saúde e seus donos receberem eventuais orientações sobre doenças e manutenção específica, entre elas a checagem de pulgas nos pelos dos gatos.

As primeiras coisas a serem providenciadas quando se adquire um “peludo bigodudo” são uma coleira, uma plaquinha de identificação e uma caixa para o transporte. Mais independentes do que os cães e por gostarem de passear/explorar ambientes fora de casa, estes animais precisam de um controle na sua identificação.

Uma segurança para o seu dono.

Em relação à diversão dos gatos, os veterinários acham melhor que o bichano pratique seu lado instintivo mais puro: o de caçador. O mercado oferece vários brinquedos com essa finalidade, mas, se mesmo assim, eles quiserem arranhar ou afiar as unhas, não se oponha. Existem à venda no mercado, arranhadores de vários tamanhos.

Garanta que o seu sofá e móveis afins não sejam “machucados”. Os móveis agradecem.

Outra vantagem em relação aos cães está na limpeza: os gatos são, por sua própria natureza, mais higiênicos. No entanto, não significa que se deva dispensar o banho. Só quer dizer que a frequência de banhos a serem dados é menor.

Os gatos são seres exigentes e no quesito da caixa de areia, eles são muito mais. Apesar de aprenderem com mais rapidez onde fazer as necessidades, se comparado com os cachorros, a manutenção da caixa precisa de atenção na troca periódica da areia (o mais indicado seria a cada semana). Recomenda-se que, tanto a caixa quanto a área de alimentação, fiquem longe do local de dormir do gato.

E um aspecto bem interessante em relação a eles: é desaconselhável alimentar um gato com leite porque, em algumas espécies, pode causar diarreia. Melhor apostar em água fresca.

Os brasileiros e seus gatos

Pesquisa feita em fevereiro de 2020 mostra que os brasileiros estão adotando os gatos como estimação. Para 33,2% dos 2 mil entrevistados, o felino é como um filho.

Este dado revela um aumento de 12,8% em relação a 2014.

Para 55,3% dos donos, eles representam uma relação de afetividade, o que faz crer num papel de companhia, de fornecedor de amor e de bem-estar emocional para os humanos.

Quanto gasta um gato? A pesquisa mostrou que os tutores destes pets gastam, em média, R$ 297,00 por mês, cuidando e dando carinho ao felino. Nesta cifra incluem-se plano de saúde, vacina, comida, veterinário e areia sanitária.

O incremento na adoção de gatos é explicado basicamente pelo estilo de vida atual e à própria personalidade do gato, pois se adaptam mais facilmente a ambientes pequenos, como apartamentos.

Muitas datas

Não é apenas em 8 de agosto que os gatos são lembrados.

No calendário, há outras datas que reverenciam os “bigodudos”. Uma organização de defesa animal escolheu o dia 17 de fevereiro como o Dia Mundial do Gato. Mas, há outros dias criados e não menos curiosos. O dia 4 de junho é o Dia de Abraçar o seu Gato; o Dia Nacional do Gato, nos Estados Unidos, é 29 de outubro e, por lá, também criou-se um dia especial para homenagear aquele que traz “má sorte e maus fluidos” na vida: o gato preto é lembrado no dia 17 de novembro.

Embora essas homenagens ocorram em dias específicos, todo dia é tempo de cuidar, lembrar e acariciar bem forte sua “bola de pelos ambulante”. O gato saberá retribuir.

Siga a página Relacionamento
Seguir
Siga a página Animais
Seguir
Siga a página Maternidade
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!