A Netflix estreou recentemente na sua plataforma a terceira temporada da série "Cobra Kai", que é sucesso no Brasil. A produção narra o que aconteceu com os personagens da franquia cinematográfica "Karatê Kid", passados mais de 30 anos das obras originais.

O sucesso da série vem chamando a atenção do público para uma arte marcial bem conhecida, o karatê.

O site Eu Atleta consultou o professor de karatê Douglas Brito, que dá aulas do esporte há duas décadas em São Vicente (SP), para explicar o que é real e o que é ficção nos dojôs que são retratados na série: Cobra Kai e Miyagi-Do.

Golpes

O sensei brasileiro explicou que os golpes que são vistos na série não têm muita diferença do que acontece na vida real, tanto o que é passado pelo sensei Daniel San (Ralph Macchio) quanto o que ensina o sensei Johnny Lawrence (William Zabka).

Douglas afirmou que a maioria dos golpes está correta, o que pode acontecer é uma diferença entre os estilos da arte marcial que são mostrados na produção, "pouca coisa é entretenimento" disse o professor.

O que só existe na ficção é o clássico chute que o personagem de Ralph Macchio deu no primeiro filma da franquia de Cinema "Karatê Kid - A Hora da Verdade" de 1984, que a série reproduziu.

Cobra Kai

Na série, Johnny Lawrence reabre a academia de karatê Cobra Kai, fundada pelo antigo sensei de Johnny, Kreese (Martin Kove).

Lawrence trouxe de volta a mesma filosofia que era usada por Kreese, "sem misericórdia". Brito explica que isto está bem distante da filosofia do karatê.

Tanto o filme quanto a série mostram a importância de um sensei na vida de um aluno, pois a ideologia imposta por Kreese, e de certa maneira, também por Lawrence, influenciam na vida dos alunos.

O que é inaceitável no mundo real é o que acontece no dojô Cobra Kai em que os alunos são incentivados a acertarem os outros alunos sem observarem certas regras do karatê.

Nocaute

Ainda que não tenha uma regra no karatê sobre isso, o ato de "finalizar" o oponente não acontece no karatê, e isto é visto no dojô Cobra Kai desde o filme de 1984.

Miyagi-Do

Diferentemente dos ensinamentos do Cobra Kai, o dojô fundado pelo senhor Miyagi (Pat Morita) e que seu discípulo Daniel San deu continuidade, segue a filosofia do karatê.

A série mostra que Daniel San incorporou em sua vida os ensinamentos que seu falecido sensei lhe passou e isto está de acordo com os valores que o karatê ensina: autocontrole, confiança, equilíbrio, respeito, trabalho árduo para conquistar uma meta.

Segurança

A série segue o mesmo padrão que foi mostrado nos filmes da década de 1980. Naquela época os atletas não usavam equipamentos de segurança.

Nos dias atuais a Federação Mundial de Karatê determina que os praticantes da modalidade usem: caneleira, protetor bucal, protetor de tórax, no caso de mulheres, luvas, vermelhas para um competidor e azuis para o outro.

Siga a página Televisão
Seguir
Siga a página Seriados
Seguir
Siga a página Cinema
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!