A Caixa Econômica Federal começou a liberar nesta última sexta-feira (27) o saque de até R$ 500 do FGTS para seus correntistas nascidos entre maio e agosto. É necessário ficar atento à tabela para a retirada de dinheiro de acordo com o mês do nascimento. Também existem critérios para quem tem conta-corrente ou poupança no banco e os que não possuem.

Os correntistas da Caixa ou quem têm conta poupança conjunta têm o dinheiro depositado automaticamente na conta, se fizeram a autorização até o dia 22 de setembro.

Quem não autorizou ainda pode fazer e receberá o dinheiro após 20 dias, utilizando o internet banking da Caixa, aplicativo do FGTS, telefone 0800 724 2019, site fgts.caixa.gov.br, ou indo diretamente a alguma agência.

Quem possui conta poupança individual na Caixa terá os valores depositados automaticamente sem necessidade de autorização. Os demais casos, para quem não é cliente da Caixa, o pagamento inicia em outubro.

De qualquer forma, independentemente da data de aniversário e sendo ou não correntista do banco, todos os trabalhadores terão o direito ao saque até 31 de março de 2020.

Esse saque não tem nada a ver com a liberação do abono do FGTS em datas de aniversário do cidadão, que começará a ser pago em agosto de 2020. O Governo também liberou o saque total das contas PIS/Pasep, e esse saque está disponível e não há prazo limite para retirar o dinheiro.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Governo Negócios

Está beneficiado quem trabalhou com carteira assinada entre 1971 e 1988 e ainda não retirou os recursos. O PIS é para trabalhadores da iniciativa privada e o Pasep para funcionários públicos.

Calendário

Nesta primeira fase de liberação do FGTS para correntistas o calendário é o seguinte:

Aniversário em janeiro, fevereiro, março e abril. Dinheiro na conta a partir de 13/9;

Aniversário em maio, junho, julho e agosto.

Dinheiro na conta a partir de 27/9;

Aniversário em setembro, outubro, novembro e dezembro. Dinheiro na conta a partir de 9/10.

Serão liberados R$ 5 bilhões para cerca de 12 bilhões de pessoas, segundo estimativas do banco. É possível sacar os valores nas agências da Caixa, lotéricas e correspondentes Caixa Aqui. Com o Cartão Cidadão e senha pode ser utilizado um caixa eletrônico. As lotéricas liberam até R$ 100, com documento com foto e número do CPF.

Valores entre R$ 100 e R$ 500 são retirados na lotérica apenas com o Cartão Cidadão.

O saque de até R$ 500 é feito em contas ativas e inativas. Se a pessoa tiver três contas de FGTS pode retirar até R$ 500 de cada uma delas. Quem tem direito e preferir não retirar o dinheiro, a quantia ficará no FGTS ganhando a rentabilidade do fundo --que no ano passado foi de 6,18% com juros fixos de 3% ao ano mais TR e a distribuição de 100% do lucro líquido do fundo.

Foi uma rentabilidade superior à poupança e o CDB, cujos rendimentos foram, respectivamente, 4,62 e 6,06%. Quem possui conta poupança individual no banco e não quer receber o dinheiro tem que comunicar a Caixa até o dia 30 de abril de 2020. Se o dinheiro já caiu na conta, a Caixa tem até 60 dias para estornar os valores de volta para a conta do FGTS.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo