Todos estão ansiosos para saber quando sairá o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial. De acordo com as informações do Governo Federal, o benefício no valor de R$ 600, que contemplará aqueles trabalhadores autônomos, informais, desempregados, e microempreendedores individuais (MEI) e que tiveram seus empregos dificultados devido à pandemia do novo coronavírus, começarão a ser pagos nesta segunda-feira (18).

Ainda de acordo com o governo, aqueles que são beneficiados com o Bolsa Família poderão retirar o dinheiro primeiro que os demais.

Os que estão inscritos no Cadastro Único mas não recebem o Bolsa Família, e também aqueles que se cadastraram pelo aplicativo da Caixa Econômica Federal, terão o dinheiro em suas contas na quarta-feira (20).

No entanto, o dinheiro poderá ser sacado por tais trabalhadores apenas no dia 30 de maio.

Tais grupos poderão receber o auxílio emergencial em suas respectivas contas na Caixa Econômica, mesmo que alguns sejam clientes de outros bancos. Quando receberem, até o dia 30 de maio, o dinheiro poderá ser usado apenas para pagar contas ou, então, realizar operação com o cartão de crédito virtual feito pelo governo.

Caso o cidadão tenha o intuito de realizar transferências para bancos diferentes, infelizmente, poderá ser realizado apenas no dia 30, que também será o dia que o trabalhador poderá sacar o dinheiro.

A Caixa Econômica Federal ainda avisa para os trabalhadores que o saque poderá ser realizado nas unidades lotéricas ao redor do Brasil, nos caixas eletrônicos do banco e, também, nas correspondentes Caixa Aqui.

Caso vá para sacar o dinheiro, não esqueça de estar levando um documento de identificação para facilitar a retirada e, também, estar com máscaras e álcool gel, se possível.

De acordo com os dados emitidos pelo governo, o total de 58 milhões de pessoas ao redor de todo o Brasil se encontram aptas para ser contemplada com o auxílio emergencial no valor de R$ 600. Do total, 28 não recebem qualquer outro tipo de benefício.

Calendário para o auxílio

No total, três serão os calendários para receber a segunda parcela do benefício, se distinguindo entre aqueles que possuem Bolsa família, um para depósito e outra para sacar.

Calendário para beneficiários do Bolsa Família

  • 18/05: Aqueles que possuem NIS de final 1;
  • 19/05: Aqueles que tenham NIS de final 2;
  • 20/05: Aqueles que possuem NIS de final 3;
  • 21/05: Aqueles que tenham NIS de final 4;
  • 22/05: Aqueles que possuem NIS de final 5;
  • 25/05: Aqueles que tenham NIS de final 6;
  • 26/05: Aqueles que possuem NIS de final 7;
  • 27/05: Aqueles que tenham NIS de final 8;
  • 28/05: Aqueles que possuem NIS de final 9;
  • 29/05: Aqueles que tenham NIS de final 0.

Calendário para depósito em conta

  • 20/05: Aqueles nascidos no mês de janeiro e fevereiro;
  • 21/05: Pessoas nascidas no mês de março e abril;
  • 22/05: Aqueles nascidos no mês de maio e junho;
  • 23/05: Pessoas nascidas no mês de julho e agosto;
  • 25/05: Aqueles nascidos no mês de setembro e outubro;
  • 26/05: Pessoas nascidos no mês de novembro e dezembro.

Calendário para saque

  • 30/05: Cidadãos nascidos em janeiro;
  • 1/06: Aqueles nascidos em fevereiro;
  • 2/06: Cidadãos nascidos em março;
  • 3/06: Aqueles nascidos em abril;
  • 4/06: Cidadãos nascidos em maio;
  • 5/06: Aqueles nascidos em junho;
  • 6/06: Cidadãos nascidos em julho;
  • 8/06: Aqueles nascidos em agosto;
  • 9/06: Cidadãos nascidos em setembro;
  • 10/06: Aqueles nascidos em outubro;
  • 12/06: Cidadãos nascidos em novembro;
  • 13/06: Aqueles nascidos em dezembro.
Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Governo
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!