Nessa segunda-feira (25), a Caixa Econômica Federal (CEF) vai creditar mais lotes do auxílio emergencial de R$ 600 às pessoas que foram aprovadas posteriormente para o benefício em questão. Esses novos lotes se referem à primeira parcela do auxílio para os novos aprovados.

Entretanto, de acordo com informações veiculadas pelo G1, essas não serão as únicas pessoas a receber. Segundo o site, aqueles que ainda não receberam a segunda parcela do pagamento também devem recebê-la desde que a primeira tenha sido paga até o dia 30 de abril.

Segundo informações do site, estima-se que, ao todo, o auxílio emergencial seja pago a 7,8 milhões de trabalhadores nessa nova leva.

A estimativa em questão foi feita com base nos dados fornecidos pela Caixa Econômica Federal.

Quem recebe nesta segunda-feira

O G1 chegou ainda a disponibilizar uma lista de todos os critérios que precisam ser atendidos para que os novos aprovados recebam a primeira parcela do benefício. Também foram comentados pelo site alguns pontos relativos àqueles que receberão o segundo pagamento do auxílio emergencial.

As pessoas que devem receber a segunda parcela somam cerca de 5,2 milhões de trabalhadores. Os dados citados se referem somente àqueles que possuem registro no Cadastro Único (CadÚnico) e/ou que realizaram os seus cadastros através do aplicativo e do site disponibilizados pela Caixa.

Além disso, conforme destacado, é necessário que as pessoas tenham recebido a primeira parcela até o dia 30 de abril e tenham a sua data de nascimento situada entre os meses de setembro e outubro.

Por fim, também vale informar que cerca de 1,9 milhão de trabalhadores que possuíam o benefício do Bolsa Família receberão na data citada desde que o seu número do NIS termine em 6.

No que tange aos novos aprovados, que receberão a primeira parcela do auxílio emergencial nesta segunda-feira, é válido destacar que eles somam cerca de 700 mil e devem ter nascido no mês de agosto para conseguir receber.

Caso você ainda não saiba como está a sua situação no que tange ao auxílio emergencial, maiores informações sobre o status do benefício podem ser obtidas através do aplicativo específico e também pelo site auxilio.caixa.gov.br.

Aqueles que receberão a segunda parcela, mas não fazem parte do programa Bolsa Família, precisarão enfrentar ainda mais restrições relacionadas à poupança digital, visto que todos vão receber dessa forma, mesmo as pessoas que chegaram a solicitar pagamento em outra conta.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Tendências
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!