De forma bastante simples, é possível definir o marketing local como promoção de uma empresa/negócio com base em uma estratégia de segmentação geográfica. É claro que qualquer atividade de comunicação precisa levar em consideração as informações do público local, mas, neste caso, o objetivo é priorizar iniciativas que ajudem a atrair pessoas que morem ou trabalhem nas proximidades da empresa. O motivo é simples: determinar o plano de divulgação em um público específico para que o método seja mais focado e tenha potencial de trazer maiores resultados.

Para o marketing local, a maioria das pessoas pensa primeiro em anúncios em catálogos, jornais, pontos físicos e outras mídias externas convencionais. Esses formatos ainda são válidos, mas atualmente existem muitas outras maneiras de atrair clientes locais.

Por exemplo, nos dias de hoje, cerca de 70% das pessoas que procuram produtos e serviços online farão compras offline em locais físicos. Isso nos mostra que o marketing digital não se limita aos profissionais e empresas que precisam se espalhar amplamente, ele também é essencial para os Negócios locais e físicos.

Dicas para consolidar o marketing local na internet

Para acompanhar o ritmo de desenvolvimento do mercado, a empresa busca se desenvolver utilizando a tecnologia e os canais digitais.

A diferença entre as micro e as pequenas empresas é que podem prestar serviços aos clientes com personalização e proximidade, de maneira mais direta. O marketing local tem um impacto positivo e pode otimizar a experiência do cliente, otimizando assim o relacionamento deste cliente com a marca.

Entender o público a atingir

Na internet, as atividades de marketing nacionais ou regionais envolvem procedimentos e custos muito semelhantes, o que também ajuda a examinar o potencial do marketing digital.

Embora para grandes fornecedores ou e-commerce o escopo seja amplo, por exemplo, empresas podem alcançar resultados destacados por meio de ações regionais.

Nesse caso, quando se fala em ações regionais, não se deve limitar a parâmetros geográficos, mas incluir também o desenvolvimento de costumes ou celebrações inteiramente específicos de uma determinada área.

Estudar e aplicar o geomarketing

O sucesso do marketing local depende muito da inteligência por trás do processo. Em outras palavras, não basta acessar dados relacionados à localização geográfica do cliente. O importante é analisar como usar essas informações para criar segmentos mais explícitos e planejar ações de acordo com essa caracterização. Nesse sentido, a importância do marketing geográfico é que esta estratégia pode ajudar as empresas a usar as informações da localização geográfica para melhorar a interação com o público no melhor momento possível.

Google Meu Negócio e atividade nas redes sociais

O Google Meu Negócio, além de fornecer um excelente ambiente para a exibição de dados e informações da empresa, essa ferramenta do Google também fornece uma variedade de recursos subdivididos, incluindo informações da loja física para fácil acesso do usuário interessado.

De acordo com as Tendências das mídias sociais, o Instagram é atualmente a rede social mais popular (47,1%). Para quem pretende anunciar no Facebook, a rede é o segundo site mais popular (29,6%), embora ainda seja a líder em número de usuários. Entretanto, a escolha da rede social não deve ser baseada em critérios gerais, mas sim no comportamento de cada tipo de público.

Portanto, acima de tudo, o importante é se fazer presente e estabelecer a empresa no meio online. A partir disso, o marketing digital local servirá para estreitar relações e aproximar o potencial cliente do produto desejado e da marca criada.

Siga a página Negócios
Seguir
Siga a página Tendências
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!