A gráfica RR Donnelley, que era a responsável pela impressão das provas do Enem, declarou falência no dia 31 de março. O Inep, órgão responsável pela elaboração do exame, declarou que o cronograma das provas irá continuar e que medidas serão tomadas para solucionar o problema da impressão dos cadernos de provas.

As pistas da rodovia Anhanguera, em Osasco, na Grande São Paulo foram interditadas por uma hora e meia por conta de protestos dos funcionários da gráfica. Em carta, clientes e fornecedores declararam que a gráfica pediu falência pela inconstância do mercado brasileiro, que passa por uma queda no volume de pedidos.

Inep é pego de surpresa

O instituto divulgou que foi surpreendido quanto a falência da gráfica que imprimia os exames, porém estão procurando uma solução viável para o problema. Em declaração, o Inep divulgou que há possibilidades seguras sendo analisadas, que o cronograma será mantido e as provas seguem marcadas para o dia 3 e 10 de novembro.

Além disso, o instituto responsável pela elaboração das provas passa por um momento difícil. Desde semana passada o Inep está sem presidente. Marcus Vinícius Rodrigues pediu exoneração logo após o Ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodriguez, negar um pedido de adiamento da aplicação de um exame feito por ele.

Quem irá imprimir as provas do Enem?

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep) avalia ainda quem será o responsável pela impressão dos cadernos de prova. Esperando para o ano de 2019 seis milhões de participantes e 12 milhões de provas impressas para os dois dias de aplicação, a impressão das provas não se torna um trabalho para qualquer gráfica. Além da experiência em cada parte do processo, ainda necessita de muito sigilo e cuidado para não vazarem informações que podem gerar fraudes no exame.

O Inep anunciou que existem mais três ou quatro gráficas dispostas a fazer o mesmo serviço prestado pela RR Donnelley, porém a impressão é a parte mais "fácil' do processo, que se torna complicado pelo fato de haver toda uma logística e fiscalização. Ademais, ocorre na gráfica toda organização para o envio das provas em malotes para cada cidade e cada local de prova e ainda o monitoramento e vistoria da Policia Federal para manter a segurança do exame.

Ainda estão sendo avaliadas as possíveis gráficas aptas a realizar a impressão das provas.

Siga a página Educação
Seguir
Siga a página Escola
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!