Eurico Miranda, ex-deputado e ex-presidente do Vasco, morreu nesta terça-feira (12), no hospital Vitória, Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. O dirigente de 74 anos era considerado o mais icônico da equipe carioca e lutava contra um câncer no cérebro, doença que teria causado sua morte. A informação foi confirmada por um de seus filhos ao site UOL Esportes.

Atualmente, Miranda ocupava o cargo de presidente do Conselho de Beneméritos do clube, e, devido a sua morte, o treino que seria realizado na tarde desta terça-feira, em São Januário, foi oficialmente cancelado.

Publicidade
Publicidade

Além disso, após a notícia de sua morte, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) e o Cruzmaltino decretaram luto de três dias.

Segundo informações, o velório do ex-presidente será realizado nesta tarde, a partir das 18h, na Capela Nossa Senhora das Vitórias, em São Januário. Já o enterro de Eurico está programado para a tarde de amanhã, quarta-feira (13), no Cemitério São João Batista, em Botafogo.

Publicidade

O estado de Saúde de Eurico estava piorando a cada dia, e, segundo informações, nos últimos dias o ex-presidente já não conseguia nem se alimentar. O dirigente, que anteriormente já havia enfrentado dois cânceres, um na bexiga e outro no pulmão, lutava agora com um tumor no cérebro. A doença, que foi diagnosticada em 2018, envolveu radiocirurgia, procedimento que causou um derrame em Eurico Miranda, piorando drasticamente seu estado clínico.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Saúde

Durante seu período de tratamento, todos os equipamentos necessários em uma UTI foram montados na casa do ex-presidente, onde recebia durante 24h atenção de enfermeiros contratados por sua família para ajudá-lo em tudo. Desta forma, Eurico superou diversos obstáculos causados pela doença, porém, hoje, terça-feira (12), não resistiu e morreu.

Uma das últimas aparições em público de Miranda foi em uma cadeira de rodas, já que o ex-presidente teve parte de sua coordenação motora afetada pelo tumor.

Além disso, Eurico também demonstrava dificuldades para falar e estava com a aparência bastante fragilizada.

Alguns amigos próximos ao ex-presidente costumavam dizer que o quadro clínico de Eurico Miranda variava de acordo com a situação política do Vasco. Se o clube sofria derrotas, Miranda se fragilizava, fato que foi comprovado devido à piora gradativa do ex-presidente nos últimos tempos.

Eurico Miranda no Vasco

Eurico Miranda ficou à frente da presidência do Vasco por duas vezes, de 2001 a 2008, e de 2014 a 2017.

Publicidade

Além disso, Eurico também ocupou o cargo de vice-presidente de futebol, de 1986 a 2001. As maiores conquistas do Vasco também foram feitas na sua presença, entre elas, o Campeonato Brasileiro de 1997, a Copa Libertadores de 1998 e a Copa Mercosul de 2000.

Além disso, Eurico ainda foi deputado federal pelo estado do Rio de Janeiro entre os anos de 1995 e 2002.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo