Depois de renovar seu acordo com o técnico Renato Gaúcho e acertar a vinda de Victor Ferraz, o Grêmio segue no mercado em busca de reforços para 2020 e o novo nome que surgiu foi o do lateral-esquerdo Guilherme Arana, de 22 anos.

O ex-corintiano, que pertence ao Sevilla, mas está emprestado para a Atalanta, da Itália, tem se queixado as poucas oportunidades que vem recebendo no time italiano do qual está desde agosto e só entrou em campo em quatro oportunidades, todas no decorrer das partidas. “Eu me sinto desconfortável, o clube e o técnico não me deram chance de provar meu valor”, disse o lateral ao jornal Gazzetta Dello Sport, manifestando o desejo de defender outra equipe já no começo do ano que vem.

Segundo informações apuradas pelo portal GloboEsporte.com, a diretoria do clube gaúcho estuda uma investida pelo atleta. O que pode atrapalhar o negócio é o desejo dos espanhóis em só emprestar o jogador com a obrigatoriedade de compra fixada. Arana, no entanto, espera sensibilizar os dirigentes do Sevilla em emprestá-lo com o objetivo de ganhar mais rodagem e depois voltar ao clube europeu para ser melhor aproveitado. Seu contrato com o time da Espanha vai até a metade de 2022.

Além desse problema, o Grêmio teria que enfrentar a concorrência de outros clubes, sendo um deles o Internacional, que também manifestou desejo no jogador. Galatasaray, da Turquia, e o CSKA, da Rússia, fizeram contatos pelo lateral-esquerdo, mas a prioridade do atleta é voltar a atuar no Futebol brasileiro.

Outro lateral-esquerdo que está na mira do Grêmio é Caio Henrique, que jogou o último Brasileirão pelo Fluminense.

Sem clima para Tardelli e André

Algumas grandes contratações do Grêmio nos últimos não devem permanecer no clube em 2020. Um dos jogos jogadores que deve tomar novos rumos é Diego Tardelli, que teve atuações abaixo do esperado. Em entrevista a uma rádio gaúcha, o presidente Romildo Bolzan citou as pesadas criticas em cima deles e disse que os mesmos não tem mais clima para permanecerem.

Segundo o presidente, os jogadores sofreram pesadas críticas dos torcedores e não adianta fazer uma boa temporada porque se eles atuarem mal duas ou três partidas, voltarão a ser perseguidos pelos torcedores. “Não podemos deixar que o jogador passe o ano inteiro aqui sangrando”, disse. Já foram feitas consultas sobre a situação de Tardelli, mas ainda não existe nenhuma proposta oficial.

Outro jogador que se encaixa nessa situação e também não deve permanecer é Rômulo. “É praticamente desumano o que acontece com o jogador (Rômulo)”, falou Bolzan, chamando a atenção para o fato de as redes sociais terem o poder de destruir reputações e que não vê a permanência do jogador nessas situações.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página Grêmio
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!