O canal americano Fox revelou que os corpos do ex-jogador de basquete Kobe Bryant e de sua filha Gianna foram sepultados após uma cerimônia privada, ocorrida na última sexta-feira (7), em Los Angeles, na Califórnia. Ainda segundo a emissora, os corpos de pai e filha haviam sido liderados na terça-feira (4).

A reportagem teve acesso à certidão de óbito do astro da NBA. Nela consta que Kobe morreu em decorrência de um acidente de helicóptero comercial e a causa da morte foi um “trauma forte”, referindo-se as lesões causadas por pancadas, como ocorreu com ele e a filha.

A cerimônia foi realizada entre os familiares, e uma pessoa que esteve no funeral disse que foi um momento muito difícil para Vanessa, a viúva do jogador. “Ainda é difícil para eles compreender que perderam duas belas almas”, disse uma pessoa ouvida pelo programa "Entertainment Tonight”. Segundo essa pessoa, Vanessa preferiu por uma cerimônia privada.

Memorial público para Kobe e Gianna

Apesar da cerimônia privava já ter ocorrido está mantido para o próximo dia 24 de fevereiro a inauguração de um memorial público em homenagem a Kobe Bryant, a filha Gianna e as outras sete vítimas que faleceram no acidente de helicóptero, na Califórnia, no último dia 26 de janeiro.

Ela ocorrerá no Staples Center, ginásio onde o Los Angeles Lakers manda suas partida e onde Bryant foi ídolo e jogou por toda a carreira.

A data 24/02 não foi escolhida ao acaso, uma vez que são os números que pai e filha usavam. Além deles, também serão homenageados o piloto Ara Zobayan, além de John, Keri e Alyssa Altobelli, Sarah e Payton Chester, Christina Mauser, que estavam na aeronave acidentada.

Acidente ocorreu em 26 de janeiro

O acidente que vitimou Kobe Bryant, sua filha e outras sete pessoas aconteceu no dia 26 de janeiro, por volta das 15 horas (horário de Brasília). O helicóptero havia decolado de Orange County e seguia para Thousand Oaks, onde Gianna tinha um jogo de Basquete.

Ao se chocar contra o solo o aparelho pegou fogo e os Bombeiros demoraram cerca de uma hora para controlar as chamas.

Inicialmente havia chegado a informação que Kobe não estava acompanhado de nenhum familiar, mas posteriormente foi noticiado que a filha Gianna, de 13 anos, o acompanhava na aeronave [VIDEO].

O acidente ocorreu poucas horas antes do início da rodada de domingo da NBA e tão logo chegou a notícia, as primeiras homenagens começaram a ser feitas ao astro do basquete americano. Na partida entre Toronto Raptors e San Antonio Spurs os dois times deixaram estourar os 24 segundos de sua primeira posse de bola como homenagem ao jogador.

Liga de Basquete Norte Americana, por sua vez, decretou luto em seu site oficial.

Siga a página NBA
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!