Em time que ganha, não se mexe. Confirmando o ditado, o técnico Odair Hellmann, durante o treinamento realizado na tarde desta terça-feira (11), no CT Carlos Castilhos, indicou a manutenção da equipe da vitória de 3 a 0 sobre o Botafogo do último domingo (9) para o clássico de quarta (12), às 20h30 (de Brasília), no Maracanã, válido pelas semifinais da Taça Guanabara.

A expectativa é que Hudson, após cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo no final de semana, poderia reassumir a sua posição, mas Odair optou por manter a dupla de volantes com Yuri e Henrique.

Artilheiro e destaque da equipe nesse início de temporada, Nenê completa o setor de meio-campo, Muriel, Gilberto, Digão, Luccas Claro e Egídio formam o sistema defensivo e o ataque terá o trio Marcos Paulo, Evanilson e Wellington Silva.

Por ter encerrado a fase de classificação como líder do Grupo B, enquanto o rival acabou na segunda posição do Grupo A, o Fluminense tem a vantagem do empate para se garantir na decisão da Taça Guanabara. Lembrando que o vencedor do primeiro turno já estará automaticamente assegurado na decisão do Estadual do Rio de Janeiro.

Gilberto rebate favoritismo rubro-negro

Antes da atividade realizada no CT Carlos Castilhos, o lateral-direito Gilberto concedeu entrevista coletiva e falou sobre as expectativas tricolores para o clássico. Segundo o jogador, apesar de o Flamengo ser o atual vencedor tanto do Campeonato Carioca, do Campeonato Brasileiro e da Taça Libertadores, além de, reconhecidamente, possuir um elenco mais recheado de opções, não existe qualquer favoritismo em um confronto de duas grandes equipes tradicionais do Futebol nacional.

"Quem tiver mais vontade, em um dia melhor, pode conseguir a vitória. Em clássico não tem isso. A rivalidade fala mais alto", explicou o camisa 2.

Será a segunda vez que Flamengo e Fluminense se enfrentam na temporada de 2020. No último dia 29 de janeiro, em duelo válido pela quarta rodada da primeira fase da Taça Guanabara, o Tricolor das Laranjeiras, com um gol de calcanhar de Nenê, levou a melhor e venceu o rival por 1 a 0.

Naquela ocasião, o Rubro-Negro estava representado por uma equipe formada por atletas oriundos do Sub-20 e Sub-23, mas, dessa vez, estará com o seu grupo principal. Por conta disso, Gilberto pede maior concentração aos seus companheiros, a fim de se evitar uma surpresa desagradável.

"Conseguimos sair com a vitória no primeiro. Agora é diferente. Eles vêm com o time principal. Esperamos fazer um grande jogo como foi contra o Botafogo", encerrou o lateral, titular absoluto do técnico Odair Hellmann e considerado um dos líderes do atual elenco do Fluminense.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página Flamengo
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!