Seguindo com o efeito cascata, que tomou conta das principais ligas de Futebol no mundo e outras modalidades, a Confederação Brasileira de Futebol determinou a suspensão de todos seus campeonatos que estão em andamento, em razão do coronavírus.

Dessa forma, a Copa do Brasil, a Copa do Brasil Sub 20, as duas divisões do Campeonato Brasileiro Feminino, além do Campeonato Brasileiro Sub 17 estão suspensos por tempo indeterminado. A entidade informou ainda que as federações locais são livres para decidirem quais medidas tomar.

As medidas já valem para partidas que estavam programadas já pera esta segunda-feira (16). Com isso, os duelos entre Internacional x Flamengo, Santos x Osasco Audax e Corinthians x Ferroviária também já foram suspensos.

Anteriormente os clubes já haviam iniciado um movimento pela suspensão dos campeonatos nacionais das categorias de base.

Campeonato Mineiro também para

Também neste domingo (15), Federação Mineira de Futebol anunciou a suspensão do Módulo I e do Módulo II do campeonato estadual. Restam duas rodadas para o final da fase de classificação da primeira divisão.

As medidas já haviam começado a serem tomadas já nesta rodada, com a determinação que todos os jogos fossem disputados com portões fechados, assim como ocorreu no Campeonato Gaúcho e nos jogos nas cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Federações de SP e RJ farão reunião

As Federações de São Paulo e do Rio de Janeiro farão reuniões nesta segunda-feira (16), para discutirem se seguem ou param suas competições como medida para conter o avanço do coronavírus.

A Federação Paulista fará três reuniões, uma para cada divisão que está em andamento, para discutir as medidas que serão tomadas em relação as próximas rodadas. O encontro entre os times da Série A-1 está mercado para às 10 horas, na sede da entidade. Exceto pelos jogos realizados na capital, todas as partidas no interior tiveram a presença de torcedores.

O Rio de Janeiro também fará uma reunião com os clubes nesta segunda e a tendência é pela suspensão, por no mínimo dez dias.

Assim como em São Paulo, os jogos na cidade do Rio de Janeiro neste final de semana foram realizados sem a presença de público.

Grêmio protesta e FGF marca reunião

No Rio Grande do Sul todas as partidas da rodada deste final de semana foram disputadas com portões fechados. De manhã, o time do Grêmio protestou contra a não paralisação do campeonato e os jogadores e o técnico Renato Portaluppi entraram em campo de máscara.

Mais tarde, um pouco antes do jogo entre o diretor médico da federação, Ivan Pacheco disse que tecnicamente não há razão para os jogos serem suspensos, mas afirmou que nesta segunda-feira (16), haverá uma reunião com os clubes para discutir o assunto.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Futebol
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!