O Ministério da Saúde informou na manhã desta sexta-feira (13), durante uma entrevista coletiva, que o primeiro paciente brasileiro que foi testado positivamente para o coronavírus está curado. A informação foi dada pelo coordenador do Centro de Contingência, David Uip.

O paciente, um homem de 61 anos, foi diagnosticado com o vírus no dia 26 de fevereiro. Ele havia retornado de Turim, na Itália, cinco dias antes, onde havia viajado a trabalho. Após sentir os sintomas ele procurou o Hospital Alberto Einstein para fazer os exames

Antes disso, no entanto, ele havia participado de uma reunião familiar, o que fez com 30 pessoas que haviam tido contato com ele ficassem em observação.

Posteriormente foi confirmado que uma irmã e uma sobrinha também haviam contraído o vírus.

Brasil tem 98 casos, segundo Ministério

Um novo balanço divulgado nesta sexta-feira (13) pelo Ministério da Saúde revelou que já são 98 os casos positivos de coronavírus no Brasil. Na quinta-feira (12), eram 77 os casos confirmados. A pasta informou ainda que há 1.485 casos suspeitos e 1.344 descartados.

O órgão relatou ainda que nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo existe o que eles chamam de casos comunitários, ou seja, casos em que não é possível saber qual a trajetória do vírus.

Até ontem, todos os casos registrados eram de infecção local, que são aqueles que pacientes que estavam no exterior ou parentes que foram infectados por eles.

Outro dado informado pelo Ministério é que 15% dos pacientes fazem parte do grupo de risco, que abrange pessoas com mais de 60 anos de idade, mais vulneráveis a doença. 49% dos pacientes têm menos de 40 anos de idade. Há 12 pacientes hospitalizados.

Ainda de acordo com esses dados, 56 casos, mais da metade estão no estado de São Paulo. Já o Rio de Janeiro contabiliza 16 casos. Até o momento, em 12 estados, além do Distrito Federal, há pelo menos um caso confirmado.

Casos não contabilizados

O número pacientes detectados com o coronavírus no Brasil é maior do que os divulgados pelo Ministério da Saúde. Isso porque a pastas ainda não contabilizou Contando com aqueles que ainda não foram registrados de forma oficial, o número sobe para 157.

No balaço oficial do Ministério não está incluído o primeiro caso registrado no Amazonas, quatro novos na Bahia, os sendo no Espírito Santo, um terceiro caso tanto no Distrito Federal quanto em Santa Catarina, além de 14 confirmações em São Paulo.

Uma das recomendações que o Ministério da Saúde passou é que as pessoas que cheguem do exterior, mesmo que não apresente sintomas, fiquem em isolamento domiciliar por sete dias. O período deve ser de 14 dias para aqueles que apresentarem os sintomas.

Siga a página Saúde
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!