O sueco Zlatan Ibrahimovic, atacante do Milan, da Itália, testou positivo para o coronavírus e irá desfalcar a equipe nas próximas partidas. Ele cumprirá uma quarentena indicada para quem se contamina com o vírus. Os testes para a Covid-19 aconteceram antes do jogo contra o norueguês Bodo/Glimt, no estádio San Siro, em Milão, pela Liga Europa. Todos os demais integrantes do time e a comissão técnica não estão contaminados.

Ibrahimovic não esteve no jogo desta quinta-feira (24)

O Milan venceu com dificuldades, por 3 a 2, o time norueguês nesta quinta-feira (24), na penúltima fase eliminatória da Liga Europa.

Com dois gols de Hakan Çalhanoglu e um de Colombo, a equipe italiana, favorita, conseguiu virar o jogo --que iniciou 1 a 0 para os noruegueses-- com bastante dificuldade. O próximo desafio do Milan é o Rio Ave, de Portugal.

Ibrahimovic é destaque na Eurocopa

Ibrahimovic vinha com todo gás e é um veterano de grande expressão aos 38 anos. Após assinar o contrato com o time italiano, estreou na Eurocopa com dois gols, sobre o Bologna.

Após saber do resultado do exame, o atleta usou seu Twitter para fazer um comentário descontraído, dizendo que era uma péssima ideia o coronavírus o desafiar. Ele segue assintomático e em isolamento social.

Ibrahimovic é mais um jogador contaminado com o coronavírus

Foi o segundo caso de teste positivo para o coronavírus no Milan nos últimos dois dias. O outro foi do zagueiro brasileiro Leo Duarte, ex-Flamengo. Diversos outros jogadores de times europeus estão ou já foram infectados, inclusive o Neymar Jr.

Ibrahimovic iniciou sua carreira profissional em 1999, no Malmo FF.

Em seguida, passou para o holandês Ajax. Seu início de temporada no Ajax foi desastroso. Com temperamento difícil, arrumou muita confusão e vivia na reserva. Depois foi se adequando em termos de comportamento e desempenho no campo. Com muitos gols, prêmios e conquista de campeonatos, ficou famoso e chamou a atenção de outros clubes.

Com ótima atuação na Eurocopa de 2004, foi contratado pelo Juventus. Foi artilheiro e eleito melhor jogador do campeonato naquela ocasião. Depois de desentendimentos com o técnico do Juventus, transferiu-se para o Milan. Em 2009 foi para o Barcelona. Mais desentendimentos internos fizeram com que o Barcelona o emprestasse para o Milan.

Em 2012, foi para o Paris Saint-Germain e se tornou o maior artilheiro na história do clube. Em 2016, seguiu para o Manchester. Em 2018, foi contratado pelo LA Galaxy, dos EUA.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Futebol
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!