O ex-governador do Ceará e atual senador Cid Gomes foi baleado com dois ao avançar com uma retroescavadeira contra uma manifestação de policiais militares. Em vídeos que circulam pela internet, Cid Gomes discutiu com a tropa, dando-lhes cinco minutos para deixarem o quartel com suas famílias. A ordem foi desobedecida, causando um grande tumulto no local. Cid Gomes foi levado às pressas a um hospital de Sobral (CE).

Estado de saúde de Cid Gomes

Cid Gomes foi levado ao hospital, onde recebeu os primeiros atendimentos.

O Irmão do Ciro Gomes foi atingido por dois projéteis, um acertando a clavícula e outra o pulmão. Seu quadro é estável, mas ele ficará na UTI em observação sobre cuidados da equipe médica.

Polícia x Cid Gomes

Vídeos gravados por sobralenses mostram viaturas com policiais mandando os comerciantes fecharem às portas na tarde desta quarta-feira (19). Em resposta, o senador Cid Gomes gravou um vídeo convocando a população para o aeroporto da cidade, de lá saindo pela cidade mandando os comerciantes abrirem as portas novamente.

Em seguida, o senador conduziu seus apoiadores ao quartel, onde discutiu com manifestantes e ameaçou invadir o local com a retroescavadeira.

Ciro Gomes se manifesta sobre o ocorrido

O ex-presidenciável pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT) Ciro Gomes usou sua conta no Twitter para se manifestar sobre o ocorrido com o irmão. Ciro disse estar revoltado e cobrou punições aos envolvidos neste ato.

Afirmou também que seu irmão não corre risco de morte.

Greve dos policiais militares do Ceará

Policiais de todo o estado do Ceará iniciaram na terça-feira (18) suas paralisações em vários municípios do interior e região metropolitana, cobrando do Governo estadual reajuste salarial e também outras pautas internas, como plano de saúde, carga horária dos serviços e anistia aos envolvidos nas manifestações.

Em resposta o governador retalhou associações de policiais, cortando todos os recursos destinados. Policiais serão punidos e ficarão sem salário do próximo mês. A turbulência próxima ao Carnaval causa incerteza sobre a realização de eventos públicos. Prefeituras levantam a hipótese de cancelaram os seus carnavais.

O governador Camilo Santana (PT) gravou um vídeo nesta manhã de quarta-feira informando que ações estão sendo tomadas para reduzir os danos da paralisação. Tornou público também seu pedido de ajuda ao ministro da segurança pública Sergio Moro, visando reforçar a segurança no estado.

Não perca a nossa página no Facebook!