De acordo com o site Siberian Times, ursos pardos da Rússia mataram um homem adulto e devoraram parcialmente o seu corpo. O cadáver foi encontrado ao lado de uma estrada que liga a cidade de Surgut, considerada a “capital do petróleo russa”, ao município de Salekhard.

O incidente [VIDEO] ocorreu na região de Iamalo-Nenets, e os restos mortais da vítima (um trabalhador do setor petrolífero que não teve seu nome divulgado) estavam cobertos por galhos de árvores – ursos costumam cobrir a comida com a intenção de escondê-la, para então poderem voltar a se alimentar mais tarde do mesmo recurso.

O Siberian Times informou que avisos sobre os animais famintos estão sendo constantemente dados pelas autoridades – especialmente na área de Khantia-Mansia –, já que o inverno no hemisfério norte está se aproximando e os ursos estão na ânsia de acumular calorias para poderem hibernar.

No processo de hibernação, os ursos – e outros animais de sangue quente – entram em um estado de sono e inatividade, reduzindo as funções vitais do corpo (tais como batimentos cardíacos e metabolismo) ao mínimo necessário para se manter vivos, sendo que esta adaptação evolutiva foi desenvolvida por algumas espécies para que elas consigam sobreviver quando existe escassez de comida.

Pedidos diários de socorro

Em Khanti-Mansia, relatórios indicam que guardas florestais estão sendo diariamente acionados no intuito de proteger moradores locais por meio de patrulhas. A situação chegou a tal ponto que as autoridades são chamadas até 15 vezes em um único dia, e precisam se deslocar para prestarem socorro a pessoas que imploram para serem salvas dos ursos.

O serviço de vida selvagem regional informou que no momento os animais estão muito ativos, e que por isso são vistos diariamente andando perto de cidades e aldeias, assustando os residentes.

As autoridades disseram ainda que estão verificando cada um dos casos para ter certeza de poderem intervir quando uma determinada situação se mostrar realmente grave.

Um destes incidentes aconteceu recentemente no aeroporto do município de Nyagan, cidade onde nasceu a famosa tenista Maria Sharapova. No aeródromo em questão, um grande urso foi baleado depois de rondar a pista por duas semanas seguidas, aterrorizando passageiros e trabalhadores – o animal estava sendo visto em vários pontos ao redor do local, e os transeuntes já estavam receosos de saírem do terminal de voo.