Uns acreditam, outros não, mas o fato é que a ideia de o espaço-tempo curvar, possibilitando acessos instantâneos a regiões longínquas do universo, foi considerada possível por Albert Einstein.

Descrito na Teoria da Relatividade, basicamente os buracos de minhoca, ou portais – termo cunhado pelos esotéricos – surgem a partir da massa que, em teoria curva o espaço-tempo, conectando dois pontos diferentes numa fração de segundos.

Apesar da teoria admitir a possibilidade do fenômeno, até hoje cientistas [VIDEO] não o observaram. Além disso, pesquisadores ressaltam a necessidade de uma massa praticamente inimaginável para curvar o espaço-tempo.

Dito isto, vamos ao que interessa. Publicado em agosto no Youtube, mas divulgado somente nesta quarta-feira, 25 de outubro, em diversos fóruns dos Estados Unidos, a gravação feita por um internauta misterioso, identificado apenas pelo pseudônimo FunkyFatHead, mostra o surgimento de um suposto buraco de minhoca em seu quarto, após alguns truques envolvendo frequências sonoras e cristais.

Na filmagem, o esquisitão explica a necessidade de usar o som na frequência de 525hz para a projeção do alegado portal dimensional, que conecta o quarto do rapaz a uma cidade estadunidense chamada Sedona, no estado do Arizona (EUA).

“Eu acredito que praticamente todas as localidades que documentei estão na Terra. Foi perto de 20 anos atrás, quando fui pela última vez, mas tenho certeza de que 525 Hz leva a Sedona”, escreve na descrição do filme.

No decorrer do processo, ele mostra o som especificamente programado em um site desenvolvido para isso (Online Tone Generator). Depois, filma um objeto luminoso sobre a cama, onde um cristal está hipoteticamente inserido no interior da peça, refletida por luzes.

Segundos depois, surge uma tímida luz próxima à parede. Na sequência, o alegado buraco de minhoca se abre e é possível observar imagens de Sedona. Embora seja conveniente ridicularizar a gravação, ela impressiona pela qualidade do efeito gerado.

No mínimo, o autor do vídeo é especialista em efeitos especiais, pois dificilmente profissionais habituados a programas de imagens (CGIs - Computer Graphic Imagery) conseguiriam elaborar algo com aquela qualidade gráfica. Veja o vídeo.

No Youtube, as opiniões quanto a veracidade do evento divergem. Uns citam a bíblia e os mistérios da vida para avaliar positivamente a apresentação. Outros pedem para o desconhecido fazer o portal surgir ao vivo, no Facebook.

E ainda tem internautas que afirmam ser falso. Para eles, o fato da luz do buraco de minhoca não interferir na qualidade da gravação, aponta manipulação digital na cena – confira os comentários na íntegra.