Uma estudante universitária cometeu suicídio depois que ela supostamente enviou uma mensagem via Snapchat para o namorado, dizendo que ela tinha lhe traído com outro homem. A vítima foi identificada com Charlotte Guy, de 17 anos, que morava na cidade de Wigan, na Inglaterra. Ela enviou a mensagem sem querer para o namorado revelando que ela havia dormindo com outra pessoa. A mensagem era para ser enviada para um amigo, mas acabou sendo indo para o namorado. Assim, que ela percebeu o erro, enviou outra mensagem dizendo que amava o namorado, em seguida se matou.

A jovem tirou a própria vida depois de se desculpar pelo namorado, identificado como Jack Hurst, de 20 anos.

Ela disse a Jack "adeus" e pediu-lhe para "perdoá-la". Conforme relatos, o rapaz disse em um comunicado que Charlotte queria acabar com ele porque não confiava nele. Além disso, seu relacionamento também não estava indo muito bem, já que muitas vezes tiveram múltiplas rupturas no passado.

De acordo com o site Theguardian, a menina queria entrar em contato com o namorado durante o fim de semana, mas ele estava aparentemente muito ocupado para falar com ela. "O Snapchat referenciou-a dormindo com alguém no sábado à noite. Ela me disse que não era para mim, pediu desculpas e disse que era uma pessoa horrível", disse o jovem para o portal Theguardian. O jovem ainda tentou entrar em contado com a vítima, mas ela já lhe havia enviado a última mensagem de adeus.

Pouco tempo depois de receber a mensagem aterrorizante, ele acionou a Polícia relatando o caso.

Porém, assim que os policiais chegaram à casa da jovem, o pior já tinha acontecido. A mulher foi encontrada enforcada dentro da casa onde morava perto de Wigan, Greater Manchester, onde estudava faculdade de saúde. Os testes de toxicologia revelaram que ela estava sob a influência do álcool e que cocaína foi encontrada em seu corpo.

Os pais da adolescente disseram ao jornal que a menina tentara prejudicar-se no passado, o que a levou a um profissional de saúde para tratamento.

O irmão da garota identificado como Dean, falou sobre a ruptura com o namorado. "Ela estava chateada, mas depois assistimos a filmes e quando ela foi para casa, ela parecia mais feliz”, disse o irmão. De acordo com o perito Alan Walsh, a jovem não fazia uso de cocaína no passado.

"É importante notar que não havia evidências de que Charlotte usasse a cocaína no passado e que não era prova de que ela fosse uma usuária regular. Sobre o equilíbrio da evidência, é provável que ela tenha usado a cocaína no que descrevi como as caóticas últimas 48 horas de sua vida”, disse o perito.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!