O que você faria se caísse de uma altura de 45 metros e sobrevivesse ao impacto contra o chão sem ter quebrado um único osso? Claro que essa resposta é bastante particular, mas provavelmente muitas pessoas interpretariam o evento como um sinal de que aquela ainda não era a sua hora de "partir deste mundo", e até enxergariam o ocorrido como um sinal de que suas vidas devem possuir algum tipo de propósito, o qual precisaria ser cumprido antes da morte.

Tragicamente, segundo o Mail Online, não foi este o caso de uma garota russa de 17 anos de idade que se chamava Diana Bestuzheva.

A jovem tentou se matar saltando do 14° andar do prédio onde vivia, e espantosamente, atingiu o solo sem sofrer qualquer machucado sério – apenas para se levantar do chão, retornar ao seu apartamento e tirar a própria vida se esfaqueando.

O incidente envolvendo Bestuzheva aconteceu em Moscou, cidade na qual a adolescente frequentava uma prestigiada escola de teatro. O sonho dela era se tornar uma atriz – de fato, ela já era considerada uma estrela em ascensão –, mas o estado de espírito da garota ficou muito abalado depois que seu namorado a abandonou.

Desistindo de viver

Com o fim do relacionamento amoroso, Diana Bestuzheva acabou desenvolvendo um quadro de depressão. A doença chegou a tal ponto em que a jovem simplesmente não queria mais viver, e assim, ela decidiu que iria tirar a própria vida.

Antes da tragédia, a adolescente tomou algumas drogas – o Mail Online não revelou quais eram essas substâncias –, e escreveu uma nota de suicídio para sua mãe, Alla, da qual ela era muito próxima.

Depois disso, Bestuzheva entrou no elevador de seu prédio, subiu até o 14° andar, foi até uma janela e se jogou no vazio.

Como dito anteriormente, e de modo assombroso, a queda de pouco mais de 45 metros de altura não causou qualquer mal à garota, que saiu ilesa do incidente. Uma testemunha que presenciou toda a cena disse à imprensa russa: "Eu vi alguém saindo pela janela do bloco de apartamentos e caindo.

Ela caiu no chão, então se levantou, limpou um pouco de neve de suas roupas e retornou para a entrada do bloco de apartamentos".

Assim que voltou para dentro de casa, Bestuzheva foi até a cozinha, pegou uma faca e se feriu de modo letal. Uma ambulância foi chamada para prestar socorro, mas quando os paramédicos chegaram ao local, a jovem já estava morta.

Potencial para ser uma grande atriz

Considerada "mais madura" do que a maioria das meninas de sua idade, Diana Bestuzheva era vista pelos seus professores da escola de teatro como uma das melhores e mais promissoras alunas.

Falando para a mídia local, um porta-voz da instituição de ensino descreveu a garota como sendo "muito talentosa e bonita", e afirmou que ela possuía todos os atributos necessários para se tornar uma grande atriz.

Este mesmo representante revelou ainda que Bestuzheva não estava frequentando as aulas há um bom tempo, mas que dois dias antes de se matar ela havia escrito um recado para um de seus instrutores dizendo que em breve voltaria para a escola – onde estava desempenhando um dos principais papéis em uma produção chamada "Nós não conversamos sobre a Guerra".

Não perca a nossa página no Facebook!