Um homem e sua filha biológica estão sendo acusados de incesto, depois que a menina completou 18 anos e encontrou seus pais biológicos. Ela e seu pai logo começaram um relacionamento sexual e os dois afirmaram que vão se casar. Katie Rose Pladl, agora com 20 anos, nasceu em janeiro de 1998.

Porém, assim que a jovem nasceu, seu pai, Steven Walter Pladl, de 42 anos, e sua esposa colocaram a jovem para adoção.

Publicidade
Publicidade

Quando Katie completou 18 anos, ela usou as mídias sociais para contatar Steven e sua mãe biológica, de acordo com o site WNCN-TV.

Pai engravida a própria filha e diz que vai se casar com ela

Porém, a jovem voltou a morar com seus pais biológicos, na cidade de Richmond, Virgínia, nos Estados Unidos, em agosto de 2016. Em novembro de 2016, o homem se separou da mãe da garota, Durante este período de tempo, Katie ficou grávida.

Publicidade

A ex-esposa de Steven afirma que ficou sabendo que a filha estava grávida e o pai da criança é seu ex-marido.

De acordo com a mãe da jovem, Steven geralmente dormia no chão do quarto de Katie no mês anterior, quando ela saiu de casa. .A Polícia do Condado de Henrico emitiu mandados em 29 de novembro de 2017 para prender Katie e Steven, depois que suas outras duas crianças disseram a funcionários do Henrico County Child Advocacy Center que Steven era o pai do bebê de Katie.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

Steven e Katie foram localizados em uma residência em Knightdale, na Carolina do Norte, no dia 27 de janeiro. O bebê também estava com eles.

Pai e filha estão sendo acusados de incesto e adultério

A criança, supostamente gerada pelo pai de Katie, não sofreu nenhum teste de paternidade, mas os mandados indicam que o bebê nasceu em algum momento em setembro de 2017. Os dois estão sendo mantidos no centro de detenção do Condado de Wake, esperando a extradição para a Virgínia para enfrentar acusações de incesto com adultério.

Steven e Katie Pladl receberam uma bonificação de US$ 1 milhão. De acordo com os registros judiciais obtidos pela WNCN-TV, Steven foi liberado em vínculo, mas Katie ainda está presa. Eles apareceram pela primeira vez no tribunal segunda-feira (5).

Em 2016, uma mãe de 45 anos e seu filho de 25 anos, em Asheville, Carolina do Norte, foram presos por funcionários do Condado de Buncombe que alegaram que os dois tiveram relações sexuais pelo menos uma vez.

Publicidade

Leia também

Mulher tem macaco hidráulico inserido na genitália; órgãos internos dilacerados

Absurdo; homem bem mais velho se casa com garotinha de apenas 9 anos

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo