Uma professora foi flagrada tendo relações sexuais com um estudante dentro do próprio carro. Conforme informações da imprensa local, um policial do condado de Greenville, na Carolina do Sul (EUA), encontrou a professora de biologia do ensino médio com o estudante aluno em um carro na quinta-feira (15), e foi presa posteriormente.

A educadora da Greer High School foi identificada como Elizabeth Heaton Taylor, de 27 anos. Ela e o adolescente foram encontrados no banco de um Ford Explorer na Holland Road.

O relatório também mencionou que, durante a investigação, Taylor deu às autoridades um nome falso inicialmente, mas depois admitiu que ela e o estudante tiveram relações sexuais em duas ocasiões distintas.

A professora foi acusada de agressão sexual contra um adolescente de 16 anos e de ter dado informações falsas à Polícia.

A mulher pode responder o crime em liberdade, desde que pague uma fiança de US$ 10.250 (cerca de R$ 33 mil). Segundo informações da polícia, Elizabeth Heaton é recém-casada [VIDEO] com Alex Taylor. O casamento ocorreu em Greenville, em julho de 2017, de acordo com o anúncio de casamento.

"Ao entrar em contato com os ocupantes dentro do veículo, os policias observaram um homem, mais tarde descobriram ser um aluno na escola em que Taylor estava empregada. Ela estava parcialmente vestida", disse o sargento Ryan Flood à WIFF, emissora de TV regional afiliada da Fox, através de um e-mail. Assim que o caso veio à tona, Taylor foi demitida do trabalho na Greer High School na sexta-feira (16), disse a porta-voz do distrito, Beth Brotherton, para o site de notícias Greenville Online.

Segundo o que consta no site da escolas, o perfil de Elizabeth Taylor foi removido da seção do Departamento de Ciências. De acordo com um artigo no jornal da escola, ela começou a ensinar na Greer High School no outono de 2015. O artigo menciona Elizabeth como professora de biologia e ciências da terra.

Outro caso semelhante

Uma professora de ensino médio foi presa acusada de ter relações sexuais com uma estudante de 18 anos em West Hartford, diz a polícia de Connecticut. Ela foi identificada como Taylor Boncal, de 22 anos, que se entregou às autoridades em 1º de fevereiro. A imprensa informou que Boncal estava morando na Nova Inglaterra no momento da prisão.

O sistema escolar em West Hartford primeiro alertou o Departamento de Polícia da Nova Inglaterra sobre Boncal, e uma investigação foi iniciada em meados de janeiro depois que um dos pais fez uma queixa. Boncal foi acusada no Tribunal Superior em 2 de fevereiro. A mulher está enfrentando três acusações de agressão sexual contra a vítima.

Leia também

Criança de 9 anos é abusada várias vezes pelo pai e dá à luz própria irmã [VIDEO]

Homem é preso por colocar câmeras em banheiro para filmar alunas e professoras [VIDEO]