O filho de uma vereadora de Oakland, na Califórnia, foi baleado e morto no que poderia ter sido uma tentativa de roubo perto do campus da Universidade do Sul da Califórnia, disseram autoridades.

Victor McElhaney, que estudava na Thornton School of Music da USC, foi morto pouco depois da meia-noite de domingo (10) a cerca de um quilômetro e meio do campus, informou a USC Annenberg Media.

O jovem de 21 anos era filho da vereadora Lynette Gibson McElhaney, de Oakland, disse Zachary Wald, chefe de gabinete da vereadora ao Los Angeles Times.

No domingo à noite a vereadora publicou um comunicado lamentando a morte do filho.

Comunicado de uma mãe que perdeu seu filho amado

"Sinto falta do meu bebê. Por favor mantenha-me e minha família e todos os amigos do meu filho e seus pensamentos e orações", escreveu ela. "Estamos começando um novo capítulo neste círculo recorrente de violência ... E isso nos levará todos juntos para superar essa tragédia."

Relato da policia

Três ou quatro homens se aproximaram da vítima na esquina da Maple Avenue com a Adams Boulevard, no que poderia ter sido uma tentativa de assalto, disse o oficial do LAPD Mike Lopez. Os homens fugiram em um veículo, disse a Polícia.

McElhaney estava em estado crítico quando foi levado ao hospital, onde morreu. Ele foi declarado morto às 11h de domingo, segundo a Annenberg Media. Nenhuma prisão foi feita em conexão com o tiroteio.

A presidente interina da USC, Wanda Austin, enviou uma carta a alunos e professores na qual elogiava a investigação policial. "Nós apreciamos os esforços contínuos e diligentes do Departamento de Polícia de Los Angeles para identificar rapidamente e prender os responsáveis por este crime sem sentido", disse Austin.

Escola entra em contato com a família

A Escola que está em férias de primavera entrou em contato com a família de McElhaney, ela disse.

McElhaney é de Oakland, onde foi instrutor do Conservatório de Música de Oakland, segundo a universidade. No outono de 2017 ele se transferiu da California State University, em East Bay, para a USC, para estudar jazz.

Ele era um membro ativo do Centro para Assuntos Culturais e Estudantis Negros da USC.

"Ele acreditava no poder da música de tocar vidas, curar e trazer esperança", disse Austin em sua declaração. "A perda de Victor afetará todos os professores e alunos que o conheceram."

Outro crime ocorrido nas redondezas

A comunidade da USC já foi atingida por crimes violentos. Em 24 de julho de 2014 o estudante de 24 anos de idade Xinran Ji foi morto depois de ser atacado por um grupo de quatro pessoas quando voltava para casa de um grupo de estudo perto do campus. Os agressores foram condenados pelo assassinato e enviados para a prisão.

Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página Educação
Seguir
Siga a página Curiosidades
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!