Conhecido ao redor de toda a Itália por atuar na serie de TV denominada “Gomorra”, o ator Luca Franzese compartilhou com seus fãs e seguidores um surpreendente relato em suas redes sociais neste domingo (8). Em uma gravação feita pelo ator, o rapaz contou que ficou isolado com o corpo falecido de sua irmã dentro de sua casa. O óbito da mesma se deu por conta do coronavírus.

Segundo os relatos feitos por ele, sua irmã morreu, provavelmente, por conta da epidemia e, agora, está esperando respostas desde a noite passada.

Ele continuou, dizendo que está arruinado e que a Itália havia abandonado a população. Franzese terminou dizendo que irão ficar forte juntos, pedindo para que compartilhassem o vídeo em qualquer lugar.

Estando isolado dentro de sua casa por conta do coronavírus, o rapaz está habituado em Nápoles, na Itália. O vídeo foi publicado em sua conta oficial no Facebook, como uma forma de protesto do que está acontecendo no país europeu, mostrando a grande demora que as autoridades tiveram para retirar o corpo de sua irmã que, infelizmente, já estava morta há mais de 24 horas.

Depois da publicação, a operação especial retirou o corpo do local, confirmando que a descrição do ator era realmente verdade e que sua irmã havia falecido em consequência do Covid-19. Luca Franzese, até o momento, permanece em isolamento,

A publicação realizada pelo autor chamou a atenção e revoltou milhares de internautas que, de grande maioria, são italianos. Na postagem, foram proferidos milhares de comentários manifestando apoio e demonstrando carinho para Luca.

Itália vive calamidade

Até o momento desta publicação, a Itália segue sendo o país mais afetado da Europa, tendo 15.113 casos, com um aumento de 22,8% nesta quarta. Segundo os relatos de Agência de Proteção Civil do país, as mortes aumentaram de 196 para 827 em pouquíssimo tempo.

Visando conter a epidemia, o governo da Itália adotou medidas para conter o incessante avanço do vírus. Na segunda-feira (9), autoridades afirmaram que, aqueles que apresentarem suspeitas ou estiverem confirmados com coronavírus, não poderão sair de suas casas, exceto sob justificativa médica ou familiar.

Devido ao enorme caos, até o dia 3 de abril, escolas e universidades de todo o país permanecerão fechadas. Caso alguém descumpra as regras impostas, pagará com três meses de prisão bem como uma multa de 206 euros (cerca de R$ 1.085).

A região do país mais afetada pelo vírus é a Lombardia, local onde está mais da metade de todos os casos (8.725 dos 15.113 que já foram confirmados). A cidade também foi um dos primeiros locais a ser contemplado com as medidas do governo.

De todos os casos confirmados, 1.153 estão em terapia intensa, tendo 5.039 em isolamento domiciliar.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Fofocas
Seguir
Siga a página Relacionamento
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!