O caso da britânica Madeleine McCann, que desapareceu ainda criança em uma região litorânea de Portugal, voltou a ser comentado recentemente. Após treze anos o desaparecimento da garota, a polícia britânica identificou um novo suspeito para o crime em questão, que nunca foi solucionado.

É possível afirmar que Madeleine desapareceu em circunstâncias misteriosas enquanto passava férias com a família na região citada anteriormente. Porém, a partir dessa nova linha de investigação, a Polícia passou a afirmar que possui um rumo significativo para seguir daqui para frente.

Apesar de toda a cobertura midiática na ocasião do desaparecimento de Madeleine McCann, que aconteceu ainda no dia 3 de maio de 2007, ninguém chegou a ser formalmente acusado pelo crime e ainda não se sabe exatamente o que aconteceu com ela.

Entretanto, segundo informações do jornal britânico The Guardian, a polícia tem atualmente um novo suspeito para o crime.

O suspeito, por sua vez, é um homem que está preso atualmente na Alemanha, seu país de origem. Entretanto, segundo informações do blogueiro Hugo Gloss, a prisão do suspeito não possui qualquer tipo de relação com o desaparecimento de Madeleine. Tais informações foram veiculadas pela Polícia Metropolitana do Reino Unido.

De acordo com as informações do site citado, o homem que seria culpado pelo desaparecimento ainda não foi devidamente identificado para a imprensa. Entretanto, trata-se de um homem de 43 anos de idade e de pele branca. Além disso, o que se sabe é que ele tem cabelos curtos e loiros e cerca de 1,80 m de altura.

Suspeito possui relações com a região

Também já foi veiculado que o suspeito do caso viveu em momentos anteriores na região de Algarve, exatamente onde Madeleine passava férias com os seus pais quando desapareceu. Segundo o site de Hugo Gloss, a residência do suspeito na região em questão aconteceu entre os anos de 1993 e 2007, exatamente o ano em que a menina desapareceu enquanto dormia no seu quarto de hotel.

Na época em que o crime aconteceu, o suspeito do desaparecimento de Madeleine tinha cerca de 30 anos. Entretanto, devido à sua aparência, ele poderia facilmente passar por uma pessoa de 25 anos.

De acordo com informações do The Guardian, o homem em questão possui conexões com a região de Praia da Luz, localizada em Portugal, e também com algumas áreas próximas.

Também foi revelado que as informações sobre um possível novo suspeito para o crime chegaram ao conhecimento da polícia quando o desaparecimento de Madeleine McCain fez dez anos.

Desde então, as autoridades britânicas têm trabalhado em parceria com as alemãs e as portuguesas para conseguir confirmar que o homem em questão é mesmo o responsável pelo crime.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!