Em entrevista à apresentadora Oprah Winfrey, no domingo (7), pela rede americana CBS, a duquesa de Sussex, Meghan Markle, declarou que a família real britânica estava preocupada com “quão escura” seria a cor da pele de seu filho. Meghan, que é afro-americana, declarou que seu marido, o príncipe Harry, revelou as preocupações da família real sobre qual seria o tom da pele do filho do casal, Archie, assim como a segurança que a criança teria direito, antes do nascimento de Archie no dia 6 de maio de 2019.

Nos meses em que Meghan estava grávida, o casal teve várias conversas se o filho deles iria ter segurança, pois ele não teria um título, e Meghan e Harry também conversaram sobre o tom de pele que o filho deles teria quando nascesse.

Rompimento

No último mês de fevereiro, o príncipe e a duquesa romperam de forma total os laços profissionais com a família real britânica. O casal comunicou à rainha Elizabeth 2ª que eles não voltarão a trabalhar com as pessoas da monarquia.

Harry e Meghan ainda comentaram na entrevista que estão esperando o segundo filho e fizeram a revelação de que é uma menina.

Infeliz

A atriz da série “Suits” declarou ainda que a princesa Kate a fez chorar e que sentia-se infeliz na família real e chegou até mesmo a pensar em tirar a própria vida. Markle declarou que este era um pensamento constante em sua vida, “muito claro, real e assustador”, segundo ela.

Príncipe Charles

O príncipe Harry, por sua vez, declarou que sentiu-se decepcionado com o seu pai, o príncipe Charles, e que a sua mãe, a princesa Diana, teria ficado chateada e zangada com a maneira com que a família real britânica tratou Meghan.

Harry afirmou que está desapontado com o pai, pois Charles passou por algo parecido. Harry afirmou que o pai sabe o que é a dor que ele sente atualmente. O príncipe Harry, no entanto, reforçou que sempre vai amar o pai, porém aconteceram muitas mágoas, disse em tom de lamento.

Afastamento

Se não fosse por Meghan, Harry disse que não teria se afastado da família real britânica.

De acordo com ele, foi ela quem o fez perceber que estava preso e ainda acrescentou que foi a esposa quem o salvou.

Harry comentou que quando estava planejando se afastar de suas obrigações reais, o príncipe Charles não estava atendendo mais aos seus telefonemas. Harry, na entrevista, negou que estivesse escondendo da rainha suas intenções de deixar a família real.

"Eu tive três conversas com a minha avó e duas conversas com meu pai antes de ele parar de me atender", disse.

Foi então que Harry decidiu que precisava tomar a atitude por sua família. Ele disse que precisava fazer alguma coisa pela sua saúde mental, a de sua esposa e a de seu filho. Charles agora está conversando com o filho novamente.

Herança

A maioria dos integrantes da família real recebe anualmente uma verba, pois eles exercem funções em eventos oficiais, porém, Harry declarou que quando apresentou Meghan Markle à família, parecia que este acordo estava em risco. Alguns dos membros da monarquia sugeriram que Markle deveria continuar seu trabalho como atriz, pois “não haveria dinheiro para pagar por ela”, revelou Harry.

O príncipe Harry e a duquesa de Sussex fizeram diversos pedidos à família real que fosse paga a segurança do casal e a do filho, mas isto foi negado a eles por diversas vezes. Quando foram morar nos Estados Unidos, a família real britânica parou de lhes enviar dinheiro.

Harry então declarou que sua família cortou os laços financeiros com ele. Segundo ele, o fato ocorreu no início de 2020. Harry declarou que tem a herança deixada por sua mãe e que, sem esse dinheiro, eles não teriam como ir para os Estados Unidos.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!