Anúncio
Anúncio

A ministra Damares Alves [VIDEO], do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos causou polêmica ao afirmar que meninos vestem azul e meninas rosa em vídeo gravado após a posse como ministra, em Brasília, na quarta-feira (2). Alguns artistas, inclusive, protestaram contra Damares. Entre eles, os apresentadores Luciano Huck e Angélica [VIDEO]. Ambos postaram uma foto em que ele aparece vestido de rosa e ela de azul.

Eles não foram os únicos a protestarem contra a fala de Damares.

O ator Bruno Gagliasso, por exemplo, postou uma foto trajando rosa, mas foi o maquiador Agustin Fernandez, apoiador de Bolsonaro, quem desmascarou o global ao postar a foto original, que mostrava que a camisa era cinza.

Advertisement

Depois, Gagliasso outra foto e desejou boa noite aos seguidores.

No caso de Luciano Huck, o vereador pelo Rio de Janeiro, Carlos Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, postou uma foto dos filhos de Huck que expõe a incoerência do apresentador do "Caldeirão", programa exibido nas tardes de sábado da Globo.

A imagem foi postada por Carlos no Insta Stories. Depois de 24 horas, as imagens são apagadas. Na foto, Huck carrega os dois filhos mais novos nos braços. O menino veste uma roupa de mergulho azul e preta. Já a menina, segura uma boneca e está toda de rosa - vestido e chapéu.

Ministra Damares se explica

Sem dúvida nenhuma, as declarações de Damares Alves repercutiram bastante nas redes sociais nesta quinta e sexta-feira. Ela foi defendida por alguns internautas e bastante criticada por outros.

Advertisement

Além de Luciano Huck, Angélica e Bruno Gagliasso outros Famosos criticaram a fala da ministra. A atriz Alice Weigman, por exemplo, afirmou que há crianças passando fome, morando nas ruas, enquanto a ministra diz que crianças tem que usar determinada cor de roupa de acordo com o gênero.

O ator Bruno Gissoni também entrou na onda de críticas e postou uma foto da filha pequena usando um vestido da cor azul. A jornalista Fernanda Gentil, que deixou recentemente a apresentação do “Esporte Espetacular” também criticou Damares e disse que sua cor preferida é azul.

Em entrevista a GloboNews, na noite de quinta, Damares explicou suas declarações. Ela afirmou que foi uma metáfora crítica à chamada ideologia de gênero. Ela disse ainda que meninos e meninas podem usar as cores que quiserem.

Na linha de defesa de Damares, muitos internautas citaram como exemplos o Outubro Rosa, campanha nacional de prevenção ao câncer de mama, direcionado à mulher, e o Novembro Azul, campanha de prevenção ao câncer de próstata, direcionada ao homem.